Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2004
SENHORA DO DESTINO

Para quem não viu a cena do casal de lésbicas da novela Senhora do Destino, estou enviando um link para que você possa acompanhar na íntegra a gravação e ver mais um passo que a televisão brasileira está consquistando ao mostrar em horário nobre um relacionamento com pares do mesmo sexo.

Mas... infelizmente tenho de comentar que algumas partes desta cena foram cortadas. Na cena que foi ao ar na sexta-feira (26/11), não teve beijo e as duas não tomaram banho juntas..... Será o porque?

Bom, mas acredito que a forma "natural" como vem sido tratada a questão da homossexualidade feminina, tem sido, de certa forma, importante para a quebra de preconceito que existe entre as massas. Pena que o autor Aguinaldo Silva esteja caminhando a passos de tartaruga na abordagem desta temática, avançar mais na cena de personagens gays e mostrar um beijo de verdade (de língua) entre o casal de lésbicas Jenifer e Eleonora, é um desejo de todos nós.

Bjs!
Wallace
http://www.e-jo…
DIALOGANDOWilliam,

Você se expressou muito bem em suas colocações, em tudo. Ao passo que venho garantindo, que também, penso como você estas questões. Entretanto, à prática cotidiana é mais complicada do que se apresenta, bem mais! Os fatores históricos e sociais, e, até mesmo, psicológicos são envolvidos em um teatro, representativo, de um show de horrores. E é por isso, que temos a necessidade de uma linha condutora que seja nossa. É por isso, que a teologia gay necessita, urgentemente, de um paradigma construído a partir de sua realidade, não contrário ao seu sitz im leben, mas que venha santificá-lo como nossa expressão.

Nesse diálogo, que faço com você, com muito gosto e respeito, gostaria de entrar um pouquinho na realidade Evangélica do Brasil. Veja,você advoga sobre o espírito livre, a busca da aceitação comum: a multiculturalidade convivendo no espaço criativo comum, o respeito entre o humano, do sujeito em si nas humanidades. E concordo com isso, mas a experiência que tenho n…
Renato,

Transcorrendo os olhos em suas colocações a cerca de um axioma, muito refleti e identifiquei como seus, também, particularidades que considerava só minhas: liberdade e punição de Deus não devem ser associadas a julgos de conduta balizados pela Bíblia (palavra Dele que foi por falhos homens transcrita).

Julgar, balizar, criticar, sempre foi inerente ao ser humano (e nisto, estamos nós: os gays), principalmente no que concebemos como "diferente" à nossa concepção de individualidade. No contexto em que me encontro (namoro um gay evangélico) muito aprendi (minha formação religiosa nunca foi em templos, mas sim com Ele diretamente) e tanto mais me indignei, visto que em todo meio, seja ele inclusivo ou não, a segregação pela diferença, gera a esfera sub da marginalidade que nos impõem os que se consideram "normais".

Existe segmentação onde deveria existir consenso. Todos independente do caminho percorrido até aqui, queremos direitos (não necessariamente aceitação…
por Maria Berenice Dias

A candidatura da deputada estadual Maria Eulina à prefeitura de Vizeu (PA), foi derrubada porque sua companheira, Astride Cunha está no cargo há dois mandatos. O Tribunal Superior Eleitoral decidiu que, assim como no casamento heterossexual, nas relações homossexuais há forte laço afetivo, capaz de unir pessoas em torno de interesses políticos comuns. Portanto, os sujeitos de uma relação homossexual devem se submeter à regra de inelegibilidade prevista na Constituição Federal. Mais uma obrigação! E como ficam os nossos direitos? Leia a seguir opinião da Desembargadora Maria Berenice:

Sim, uniões homossexuais existem! Essa afirmativa vem sendo repetida com tanta freqüência pela justiça gaúcha, que já nem merece espaço nos meios de comunicação. De forma pioneira o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul identifica as uniões entre pessoas do mesmo sexo como entidade familiar e lhes garante tutela jurídica. Às parcerias homossexuais se aplicam as regras do Direito …
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...