Metodistas decidem proibir pastores gays e lésbicas


A Metodista Unida, terceira maior denominação cristã dos EUA, terminou encontro especial em Pittsburgh para discutir o papel de gays e lésbicas na Igreja com uma péssima notícia para a comunidade glbt.
Neste sábado o Conselho Judicial decidiu que pastores homossexuais deverão ser destituídos, pois representariam uma violação da lei e ensinamentos cristãos.

A recente decisão de permitir que a Reverenda Karen Dammann (foto), lésbica assumida que mantém uma relação estável com outra mulher, continuasse no cargo de ministra em uma cidade no estado de Washington havia aberto a possibilidade de um cisma na Igreja.

O presidente George W Bush é um dos 8 milhões de seguidores da Igreja Metodista.


Mix Brasil

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Romanos 1,18-32

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay

Bluetooth para pegação gay