Metodistas decidem proibir pastores gays e lésbicas


A Metodista Unida, terceira maior denominação cristã dos EUA, terminou encontro especial em Pittsburgh para discutir o papel de gays e lésbicas na Igreja com uma péssima notícia para a comunidade glbt.
Neste sábado o Conselho Judicial decidiu que pastores homossexuais deverão ser destituídos, pois representariam uma violação da lei e ensinamentos cristãos.

A recente decisão de permitir que a Reverenda Karen Dammann (foto), lésbica assumida que mantém uma relação estável com outra mulher, continuasse no cargo de ministra em uma cidade no estado de Washington havia aberto a possibilidade de um cisma na Igreja.

O presidente George W Bush é um dos 8 milhões de seguidores da Igreja Metodista.


Mix Brasil

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Levítico 18,22. 20,13

Romanos 1,18-32

Bluetooth para pegação gay

Namoro Gay