Novela 4



Maika: Ei, esta tarde podíamos ir ao cinema. Olha, isto.
ENRIC: Dizem que é muito preocupante.
AMIGA: Qual deles?
Maika: Esse. Meu primo tem duas noites sem dormir, menina.
AMIGA: Phooou!
PEP: E nos Estados Unidos existe um cara que morreu.
AMIGA: Sim, com certeza.
ENRIC: Sim, eu também ouvi isso. Ele estava assistindo o filme e ele deu-lhe um ataque cardíaco.
AMIGA: Mas isso é o que eles dizem para propaganda. Tenho a certeza que não é assim tão mau.
Maika: Então você vai vir e ver, corajoso.
MERCE: Eu vou passar, né?
ENRIC: Eu também.
Maika: Mas por quê? Uma vez que você foi e uns jovens que foram chatos.
(Digite máx. Enric viu entrar).
ENRIC: Ainda estou sedento. Será que alguém quer alguma coisa?
MERCE: eu, peça algumas batatas.
MAX: Olá, Peris. Pode dar-me a comissão, por favor?
PERIS: Sim, espere um pouco, vou no caixa. Às vezes, Fidel parece ter uma alergia de ir aos bancos.
MAX: Ei.
ENRIC: Será que estamos combinados ainda em relação a esta tarde?
MAX: Sim, eu pedi para sair mais cedo. vou terminar em uma hora.
ENRIC: vamos permanecer na sua casa?
MAX: Sim, eu vou estar lá em 19:15.
MERCE: Ei, eles estão rodando. Olá, Max.
PERIS: Aqui, garoto.
MAX: Obrigado. Adeus.
MERCE: Adeus.
PERIS: Não é nada. E você, o que você quer?
MERCE: batatas. Então? O que estava falando com o Max?
ENRIC: Não, nada. Gostaria de saber se ele foi claro sobre a idéia da medicina.
MERCE: Por que você não vai ficar o dia com ele, para que ele te diga mais coisas?
ENRIC: Sim ...

Clerk: Max, estou certo que você sabe que isso: "glândula em forma de feijão." Ele termina em "s" "
MAX: "hipófise"?
Secretário: O que você disse?
MAX: Onde arranjou essa cruzada? Parece que estavam fazendo isso para irritar você.
Clerk: Não sei, ele estava aqui.
MAX: E Galiana?
Trabalhador: Ele está prestes a chegar.
MAX: É hoje que vou sair em breve. Em cerca de dez minutos ou assim.
Clerk: Se você quiser pode ir, ok? Não vou dizer nada para o chefe.

MAX: Estou prestes a terminar.
ENRIC: Não, hoje não posso. Eu não posso cumprir com os planos.
MAX: Eu pensei que você fosse hoje não vai descobrir ...
ENRIC: Maika convenceu a todos nós para ir ao cinema.
MAX: Você não foi capaz de avançar com uma desculpa?
ENRIC: Mercè Eu já disse que minha mãe ficou doente. Eu não posso estar dizendo mentiras o tempo todo.
MAX: Ok, ok. Você pode me ligar.
ENRIC: Certo.

PEP: Enric, cara, se não chegarmos rápido, não haverá ingressos!
ENRIC (máx.): Adeus.

PEP: Vai pagar!
ENRIC: Eles não tinham café.
PEP: Demorou assim para te dizer isso?
FUNCIONÁRIO (Max): Você não sai?




Enric vai para a Universidade se encontrar com Max e pedir para que ele o perdoe, pois não podia encontrar qualquer desculpa para escapar de seus amigos e satisfazer na presença de Max.

Max está surpreso, mas feliz. E pede para que eles possam se ver mais tarde.

Enric responde que não dará, pois ele tem um programa com Merce.

Max, em seguida, pergunta se ele gostou do outro dia em sua casa(Quando o beijo 2 aconteceu).

Enric: Eu estive pensando e ... sim eu gostei. Max: Por que você continua com Merce então? Enric: Eu não sei, eu estou bem com ela. Max: Melhor é deixá-lo ir, então. Eu não quero ter esperanças. Enric: Não, eu não quero deixar de te ver. Max: Então você tem que escolher. Merce ou eu. Enric: vou romper com ela. Hoje vou falar com ela e dizer que eu quero terminar porque eu não estou apaixonado.

No bar Pep dispara alguns comentários homofóbicos e Enric pede a Merce para encontrá-lo depois da escola.

Max diz a Edu que ele estava errado com relação a Enric, e como Enric gozava muito estar com ele. Você tem o "radar gay",brinca Edu.

Quando Enric encontra Merce, ele quer dizer a ela que quer terminar, mas antes que ele pudesse dizer uma palavra Merce diz a Enric quer ter sexo e dar-lhe a... bem ... errr ... bem deu pra entender...

Merce diz a Enric: Relaxe e imagina que você está em outro lugar.

Acho que ele imagina que era com o Max ...





Enric envia uma mensagem para encontrar com Max. Na pizzaria Max ouve Merce conversar Maika, dizendo o que ela fez com Enric na escola. Além, Merce diz que foi a primeira vez para Enric. Quando se encontram...

Enric: Eu estava com pressa, porque queria tanto te ver
Max: Sua namorada não iria deixá-lo ir?
Enric: eu tive que acompanhá-la até sua casa .
Max: Você não disse a ela ainda?
Enric: Ainda não. Mas eu jurei, vou fazê-lo.
Max: Quando?
Enric: Eu não quero falar sobre ela agora
Max: Com certeza
Enric: Eu acho que você seria mais compreensivo
Max: Esse é o seu problema! Eu não gosto de esconder ou fingir quando estiver com ela.
Enric: Podemos fingir que somos amigos
Max: Amigos?
Enric: Olha, eu não gosto da Merce, eu só sinto bem quando estou com você!
Max: Então por que transou com ela?
Enric: O quê?
Max: Após a escola.
Enric: Ela te contou?
Max: É verdade ou não?
Enric: Fiquei alguns segundos a espera para lhe dizer, mas foi dia de São Valentin e ela estava tão feliz e eu não quis incomodá-la. Mas eu juro que, quando eu estava com ela estava pensando em você apenas.
Max: Eu próprio fui uma única vez com uma garota para saber o que se sente, e eu soube imediatamente. O que você sentiu?
Enric: Max, não é assim. Aonde você vai?
Max: Eu perdi o meu desejo de estar com você agora, Enric
Enric: Max por favor ...
Max: Você não é como eu pensava

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay