“Ritual de alívio”

Jovem lésbica se suicida e polícia considera hipótese de “ritual de alívio”



A Polícia Civil do pequeno município sul-mato-grossense de São Grabriel do Oeste está trabalhando com uma hipótese um pouco diferente para a morte de uma universitária de 20 anos: um suicídio que seria um ritual de alívio para ela. V.C.S foi encontrada morta em casa, na Rua Amazonas, no fim da tarde de 20 de setembro.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Gustavo Ferraris, declarou ao site Midiamax, os policiais encontraram uma corda amarrada no pescoço da jovem, o que configuraria o “ritual de alívio”. Isso porque a Polícia Militar também sabe que a vítima havia sofrido uma desilusão amorosa recentemente porque sua família não aceitava sua homossexualidade.

"Em São Gabriel, 80% das mortes como essa são por conta de relacionamento amoroso. A falta de apoio da sociedade e da família, que na maioria das vezes nem sabe dessa relação, causa tristeza. O preconceito é ainda muito forte e a pessoa não consegue ser plena no amor, ser feliz", alerta o delegado.

A jovem deixou várias cartas de despedida antes de cometer o suicídio, uma delas destinada à outra moça com uma mensagem dizendo que a vítima a amaria por toda a vida. Considerando a hipótese de suicídio como forma de alívio, a polícia está agora ouvindo familiares e amigos da vítima para ter certeza de que ela se matou por causa do preconceito dos outros.

Fonte: MIX BRASIL

Comentários

  1. realmente uma pena essa morte da universitária, espero que onde ela está esteja enfim bem!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

1-Este blog aceita comentários que sejam específicos, ou em diálogo com as postagens correspondentes, conteúdo fora do contexto da mensagem correspondente poderá não ser publicado.

2- São vedados comentários com conteúdo de pregação ou proselitismos de doutrinas específicas de igrejas cristãs, ou qualquer outra religião,salvo quando estes se referirem à crítica de uma postagem principal em concordância ou discordância da mesma, devidamente fundamentados.

3-Conforme art. 5º, IV da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

4-Todo conteúdo dos comentários será avaliado, sendo reservado o direito de não serem publicados, os comentários, caso seus fundamentos sejam ofensivos ou desrespeitem o direito dos homossexuais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Romanos 1,18-32

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay

Bluetooth para pegação gay