Pastores evangélicos gays se casam em cerimônia para 300

O casamento mais comentado no Rio não é de celebridade. Trinta casais de padrinhos, 11 pajens e damas e 300 convidados estarão reunidos nesta sexta-feira (20) para o primeiro casamento entre pastores evangélicos gays. Marcos Gladstone, de 33 anos, e Fábio Inácio, de 30, fundadores da Igreja Cristã Contemporânea (ICC), assinarão contrato de união homoafetiva, após três anos de namoro. "A festa vai ter tudo o que um casamento hetero tem: troca de alianças, bem-casados, pajens e daminhas", conta Gladstone.


Dos 30 casais de padrinhos, 29 são de uniões homoafetivas. Crianças adotadas por casais homossexuais serão pajens e daminhas. No bolo, os bonequinhos representam Gladstone e Inácio, com bíblias nas mãos. A festa será decorada nas cores vermelha e prata. Os noivos entrarão juntos, vestindo fraque cinza. Após a lua de mel, na Costa do Sauípe, o casal iniciará o processo para adotar uma criança. Eles são evangélicos desde crianças. Aos 18 anos, Inácio era pastor da Igreja Universal do Reino de Deus.


Os dois ficaram noivos de mulheres, por pressão de pastores e da família, e fizeram "correntes de libertação" para pedir a "cura" da homossexualidade. Após uma viagem, Gladstone assumiu sua sexualidade e criou, em 2006, uma igreja para acolher homossexuais. A ICC tem hoje 500 fiéis. "Propomos a releitura da Bíblia. Os escritos foram deturpados pelas traduções", diz Gladstone.
(Clarissa Thomé - AE)

FONTE: http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia.phl?editoria=20&id=239467

Comentários

Postar um comentário

1-Este blog aceita comentários que sejam específicos, ou em diálogo com as postagens correspondentes, conteúdo fora do contexto da mensagem correspondente poderá não ser publicado.

2- São vedados comentários com conteúdo de pregação ou proselitismos de doutrinas específicas de igrejas cristãs, ou qualquer outra religião,salvo quando estes se referirem à crítica de uma postagem principal em concordância ou discordância da mesma, devidamente fundamentados.

3-Conforme art. 5º, IV da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

4-Todo conteúdo dos comentários será avaliado, sendo reservado o direito de não serem publicados, os comentários, caso seus fundamentos sejam ofensivos ou desrespeitem o direito dos homossexuais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay