A hipocrisia cristã e a estupidez dos gays

Acabei de receber um e-mail, encaminhado à lista Gospel LGBT, de outras listas de temática GAY, onde algumas pessoas se deleitavam nas falas do Pe. Fábio de Melo e da Pra. Ludmila, no programa do Faustão.

Eu não sei o que se passa, ao certo, mas, vindo de quem veio coisa boa não é! Obviamente, que tais discursos se afinam naquele velho jargão: “Deus ama o pecador, mas odeia o pecado”. “Nós amamos os homossexuais, mas somos contra suas práticas”! Então, partindo dessa premissa, eles poderiam falar coisas do tipo: “...as religiões têm como objetivo maior pregar o respeito ao outro, mesmo ele sendo diferente e que é horrível ver que muitos ‘santificam o crime’, dizendo que isso é feito em nome de Deus “(Pe. Fábio de Melo).

Ou ainda: “...acredito que devemos levantar a cada dia cientes do poder de melhorarmos a sociedade” (Ludmila Ferber).

É difícil, e depois de todos esses anos em listas de discussão, uma coisa ainda é notória: A INGENUIDADE DOS HOMOSSEXUAIS!

imagesCAQAD1C9 O respeito que Fábio de Melo alega ter nas religiões, respeito pelo outro, é o mesmo respeito que elas levantam como bandeira para declararem suas guerras santas. Aliás, o problema do religioso no Brasil é a IGNORÂNCIA, que nos cerca quando o assunto é história, no corte: HISTÓRIA DO CRISTIANISMO. Admira-me, por exemplo, o respeito do Vaticano pelos judeus, na Segunda Guerra Mundial. Ou o respeito dos próprios cristãos, uns para com os outros na guerra dos 30 anos.

Pe. Fábio usou do pó compacto para maquiar a realidade sórdida da Igreja Católica e seus interesses secretos. Por exemplo, quando o Vaticano se manifesta secretamente contra a Turquia na União Europeia: Os telegramas foram publicados no jornal britânico Guardian. Um deles diz que o papa Bento 16, quando cardeal, em 2004, fez lobby contra a entrada da Turquia (de maioria muçulmana) na União Europeia e tentou - sem sucesso - assegurar que a Constituição da EU fizesse referência às "raízes cristãs" da Europa.

Então, resta-me a pergunta: QUE RESPEITO É ESSE PE. FÁBIO?

imagesCAQHXVVR

Já a Ludmila foi tão profunda quanto uma lata de 250ml fazia. Tipicamente o discurso de dizer muita coisa, sem nada dizer e, no final, recolhe-se o dízimo! Basta isso, para um bando de alienados, lucubrarem suas vãs expectativas , na fala da “mulher ungida” e terem alguma revelação, produto de uma mente fantástica e atormentada!

Agora, o que dói, é que no final, ainda teve LGBT para aplaudir!

Deus me livre.

Comentários

  1. No geral vejo que nós, que nos definimos como humanos, temos a grande mania de apontar o dedo no rosto do outro e dizer sou melhor que você. Sou limitado, a mesma certeza tenho de todos que me cercam, por isso, compreendo quando as opiniões divergem, quando religiões apontam caminhos diferentes e assim se manifestam. Reflito sobre isso e volto ao mesmo ponto: TODOS SÃO HUMANOS. Como Cristão devo só seguir o que aprendi de meu mestre: AMAR MEU PROXIMO COMO A MIM MESMO, isso vale para quem concorda ou discorda de minhas opiniões. Podem dizer: Amo meu próximo, mas discordo de tua opinião. Sobre isso posso perguntar: Quem é dono da verdade de Deus, o homem só defende aquilo que ele pense que seja verdade, mas será que a verdade defendida em nossas opiniões é vontade de Deus? Creio que no fim ultimo será essa cobrança que terei de Deus. Você amou teu próximo? Paz e Bem a todos!
    http://herycon.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, você escreve muito bem! Falou tudo!
    O que a igreja católica quer é impossível: que o gay seja virgem pelo resto da vida pois o que lhe dá prazer, o que lhe faz feliz é pecado. Se é pecado porque Deus os fez assim? Ninguém merece...
    Por essas e outras, sou agnóstica.

    ResponderExcluir
  3. Se não me engano, na Carta aos Colossenses está escrito: "A Igreja é a coluna e o fundamento da verdade" e não a Bíblia, o que significa que é a Igreja Romana (que foi a primeira) o fundamento da verdade e somente ela pode interpretar a Bíblia. Logicamente quem não está em comunhão com ela está "fora da comunhão" e portanto "excomungado". Se não estiver em "boa fé" e sim em "má fé" nessas chamadas "Igrejas Evangélicas" correm o grande perigo de perderem suas almas.

    ResponderExcluir
  4. Risos,

    Pericles, você, quanto à carta, não se engana! De fato está escrito isso, mas quanto à interpretação disso, confesso que dei boas gargalhadas...

    1º Quando você fala da Igreja em substituição da Bíblia, que é A PALAVRA DE DEUS, você está contra, inclusive quanto da interpretação Católica Romana, que assinou a confissão de fé conjunta com a Igreja Luterana, reconhecendo o Sola Scriptura, Fides e Gratia (conferir em): http://pt.wikipedia.org/wiki/Declara%C3%A7%C3%A3o_Conjunta_Sobre_a_Doutrina_da_Justifica%C3%A7%C3%A3o

    2º Em momento algum a Carta diz que a Igreja é a verdade, tão somente, ela é o fundamento, que nada mais significa do que alicerce, ou coluna. No texto, foi repetido coluna e fundamento, com a licença literária, para enfatizar o objetivo da Igreja, e não a essência dela.

    3º Igreja não é uma instituição hierarquizada, mas é todo o templo do Espírito Santo, a interpretação textual é sistemática e não TEMÁTICA. Cada cristão, no mundo, tem por objetivo ser o fundamento da verdade, o alicerce da verdade, pois a VERDADE, que é Jesus Cristo habita nele, através do Espírito Santo, pelo qual cada cristão é templo vivo do Deus vivo.

    Assim, penso que você viajou quanto à interpretação das Escrituras, viajou quanto à hierarquização da igreja, Jesus não fundou igreja e nem religião, ele pescou homens, os salvou, e os chamou de AMIGOS, mas não fundou uma religião. E se equivocou quanto à salvação, que não vem da igreja, somos salvos pela GRAÇA, mediante a fé, e não mediante à igreja.

    ResponderExcluir
  5. As igrejas pregam muita hipocresia mesmo. Meu namorado, ao comunicar o lider de sua igreja que estava deixando seu cargo por estar envolvido com um outro membro da nossa congregação, ele recebeu a seguinte recomendação: "Meu filho, não abandone as coisas de Deus, continue vindo a igreja pois Deus te ama". Após alguns dias, fomos numa outra igreja da mesma denominação onde o lider de lá sabia de nossa situação e quase fomos expulsos de dentro da igreja por ele, com suas palavras agressivas e homofóbicas. A mesma mão que abençoa fere o rebanho e dispersa as ovelhas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

1-Este blog aceita comentários que sejam específicos, ou em diálogo com as postagens correspondentes, conteúdo fora do contexto da mensagem correspondente poderá não ser publicado.

2- São vedados comentários com conteúdo de pregação ou proselitismos de doutrinas específicas de igrejas cristãs, ou qualquer outra religião,salvo quando estes se referirem à crítica de uma postagem principal em concordância ou discordância da mesma, devidamente fundamentados.

3-Conforme art. 5º, IV da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

4-Todo conteúdo dos comentários será avaliado, sendo reservado o direito de não serem publicados, os comentários, caso seus fundamentos sejam ofensivos ou desrespeitem o direito dos homossexuais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Romanos 1,18-32

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay

Bluetooth para pegação gay