Viva a entidade familiar homossexual


Dia 05 de Maio de 2011, um dia histórico para a comunidade gay no Brasil. Um dia em que a razão, o bom senso, o escrúpulo, a vergonha, a honra e a dignidade foram proclamados como agentes componentes e constituidores das relações homoafetivas. Um dia em que o rancor, o ódio e o desprezo foram silenciados no Supremo Tribunal Federal por unanimidade. Fato deste rancor é o bate-bocas entre Silas Malafaia e Ana Paula Valadão pelo TWITTER, por conta da votação dos ministros no STF.

Silas, mercenário, queria impor o medo sobre os ministros convocando o povo e as “celebridades evangélicas” a se manifestarem na rede virtual contra a votação favorável à união homoafetiva.

Silas Malafaia é pior do que um drogado; é tão vil quanto o mais cruel dos assassinos, e seu ódio não tem limites. Ele é capaz de disparar contra os próprios aliados, quando se vê frustrado em suas pretensões. Silas é um sociopata com linguagem religiosa. E desta forma ele disparou: “ Obrigado pela omissão de vcs em não rtt p/ conclamar o povo de Deus a pressionar os ministros do STF num assunto q é fundamental q favorece os homossexuais. Se twitter é para mostrar agenda e fotos, é melhor acabar pq não presta pra nada.”

Quando Ana Paula revidou, num argumento típico, beirando a boçalidade evangélica brasileira, Silas jogou a pá de cal: “Qdo é pra defender seu nome, responde rapidamente. Qdo é pra defender o Reino de Deus, diz q ta viajando."

O caso do Silas é de uma interdição urgente, ele não é normal. E na vitória em Cristo dos gays ele chorou, esperneou, brigou, vociferou, explodiu em ódio inútil contra aquilo que é insuperável, e agora incontestável: O LEGÍTIMO DIREITO DOS GAYS AO RECONHECIMENTO DE SUAS RELAÇÕES COMO ENTIDADE FAMILIAR.

Assim a celebre frase do Ministro Ayres Britto merece destaque: “O órgão sexual é um plus; um bônus; um regalo da natureza. Não é um ônus; um peso; nem estorvo, menos ainda uma reprimenda dos deuses” (Ayres Britto Ministro do STF)

Desta feita, em resumo foi dito que: A família é uma construção cultural, onde a afetividade por outrem do mesmo sexo compõe a individualidade da pessoa de modo que se torna impossível, sem destruir o ser, exigir o contrário, e assim o Estado existe para auxiliar os indivíduos nos respectivos projetos individuais de vida.

Destarte a plena realização da liberdade, da igualdade e da não discriminação é que marcará o país. Pois, Uma sociedade decente é uma sociedade que não humilha seus integrantes, laica e que combate posturas preconceituosas ou discriminatórias, pois geram grandes injustiças.

Assim, hoje foi a vitória UNANIME dos gays contra o rancor laborioso do Silas que já argumenta na insanidade de seu ódio.


VIVA A ENTIDADE FAMILIAR HOMOSSEXUAL!

Comentários

  1. É um data histórica...e por isso estou muito feliz.

    Gostei da postagem.

    abraços
    de luz e paz

    ResponderExcluir

Postar um comentário

1-Este blog aceita comentários que sejam específicos, ou em diálogo com as postagens correspondentes, conteúdo fora do contexto da mensagem correspondente poderá não ser publicado.

2- São vedados comentários com conteúdo de pregação ou proselitismos de doutrinas específicas de igrejas cristãs, ou qualquer outra religião,salvo quando estes se referirem à crítica de uma postagem principal em concordância ou discordância da mesma, devidamente fundamentados.

3-Conforme art. 5º, IV da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

4-Todo conteúdo dos comentários será avaliado, sendo reservado o direito de não serem publicados, os comentários, caso seus fundamentos sejam ofensivos ou desrespeitem o direito dos homossexuais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay