Padres gays pagaram para morrer!


Fundamentalismo católico faz vítimas dentro do próprio clero



Quando a discriminação, o preconceito e a intolerância sucumbem à razão, o menor problema é sinal para se abrir mão de tudo, inclusive da própria vida... E esse fruto a igreja colhe e colherá durante muito tempo, pois ao invés de educar ela prefere aterrorizar!







Padres gays descobriram que um deles estava com AIDS e pagaram para morrer 

O desfecho da investigação sobre o assassinato de dois padres colombianos, que morreram há um ano, chocou o país.


Autoridades chegaram à conclusão de que Richard Armando, 37 anos, e Rafael Rojas, 36 anos, pagaram o equivalente a 15 mil reais a dois assassinos para que fossem mortos. Segundo a imprensa, os padres eram um casal, e firmaram um pacto de morte depois de descobrirem que Rafael tinha HIV.


Os assassinos simularam um roubo seguido de assassinato. Os criminosos foram presos e confessaram o plano. Os corpos dos padres foram encontrados dentro de um carro, no sul de Bogotá.


Armando foi baleado nas costas e na cabeça, e Rafael, no peito. Eles seguravam um terço nas mãos.


Fonte: Cena G

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Levítico 18,22. 20,13

Romanos 1,18-32

Namoro Gay

Bluetooth para pegação gay