Discurso em nosso favor



Ponto positivo para o Deputado mineiro Leonardo Mattos do PV/MG, por pronunciar-se na Câmara dos Deputados, Brasília, a favor dos direitos civis dos homossexuais ao criticar o governo brasileiro que abriu mão de sua vontade política e recuou na Comissão de Direitos Humanos da ONU, em Genebra.

Confira um dos fragmentos do discurso:

"...Infelizmente não é a primeira vez que o governo do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que se destaca nas lutas humanitárias pela igualdade e não-discriminação, se vê obrigado a recuar em sua posição. Em 2003, o governo brasileiro pretendia introduzir a matéria na pauta da mesma Comissão de Direitos Humanos da ONU, mas, por falta de um consenso mínimo e principalmente devido à forte oposição interposta pelos países islâmicos e pelo Vaticano, abriu mão de sua vontade política..."

"...O que esperamos é que o fato ocorrido não signifique arrefecimento, por parte do governo, na luta pela universalização das garantias de observância dos direitos humanos, para todos os cidadãos do mundo. Quaisquer que sejam, onde quer que se encontrem. Quaisquer que sejam seus credos, suas etnias, seu gênero, sua orientação sexual. Somos herdeiros e defensores da melhor tradição moderna, que separou, já há séculos, a ordem política - o mundo temporal -, da ordem religiosa - o mundo espiritual. Por mais que nos pareçam pessoalmente justas e dignas - e portanto defensáveis - as nossas crenças religiosas, somos também signatários e, por isso, guardiões incansáveis das inúmeras bulas mundanas em favor da paz entre os povos e dos direitos humanos para todos..."


A nossa esperança é que no próximo ano não apareça novas desculpas esfarrapadas para o governo brasileiro tentar justificar sua inércia diante da pressão dos países islâmicos, do Vaticano e do Bush. Lamentamos por ainda não ter chegado a hora de comemorar mais esta vitória na luta pelos direitos humanos.


W.X.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Romanos 1,18-32

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay

Bluetooth para pegação gay