Segundo os organizadores- Cellos- parada gay reúne mais de 150 mil em BH

A 11ª Parada LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros) de Belo Horizonte levantou a bandeira da luta contra a homofobia. Mais de 40 mil pessoas, segundo a Polícia Militar, foram as ruas e fizeram festa, ao som de cinco trios elétricos. A concentração foi na Praça da Estação, de onde a manifestação prosseguiu pela Rua da Bahia e pela Avenida Afonso Pena. Entretanto, segundo os organizadores, a parada contabilizou mais de 150 mil pessoas.

O tema da Parada LGBT deste ano foi “Quem defende a vida, criminaliza a homofobia”. Durante o evento foram distribuídos cerca de 20 mil preservativos e 10 mil embalagens com gel lubrificante.

Pressão política

Os organizadores da Parada Gay conclamaram os participantes a pressionar os parlamentares mineiros em Brasília para a aprovação do Projeto de Lei que inclui a homossexualidade na norma que considera o racismo crime. O Projeto é de autoria da senadora Fátima Cleide, do PT de Rondônia.

O dia do orgulho gay é comemorado desde 1969 e teve início em Nova York, onde ativistas gays se confrontaram com a polícia após serem agredidos em um bar. Em Belo Horizonte, é comemorado desde 1998.

Direitos civis

Qualquer cidadão que se sentir discriminado ou sofrer algum tipo de agressão em Belo Horizonte pode procurar o Centro de Referência pelos Direitos Humanos e Cidadania de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (GLBT), da Secretaria de Direitos de Cidadania. O órgão funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, na Rua Espírito Santo, 505, 11º andar, no Centro de Belo Horizonte.




Fonte: Globo Minas.com

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay