2009- Mensagem Gospel LGBT

“Que darei eu ao Senhor por todos os benefícios que me tem feito?”
Sl 116.12

A pergunta do salmista deveria ser a pergunta de todos nós no dia de hoje! Dia de celebração da renovação do tempo em nossa vida, a chegada de um novo período de tempo que chamamos “ano”.

Claro que “ano”, “mês”, até mesmo o período de 24 horas que chamamos de “dia” são construções humanas, realizadas na História. Contudo, nós nos apropriamos desse “jeito” de contar nossos dias e separamos alguns deles como símbolos de renovação, períodos nos quais fazemos propósitos, datas que paramos para meditarmos acerca da existência de todos nós. 31 de dezembro para os que vivem numa cultura cristã é uma dessas datas cheias de significado. Acabei de ver pela TV a comemoração da virada do ano na Nova Zelândia, primeiro lugar do mundo que “viu” 2009 chegar. Muitos fogos de artifício, pessoas vestidas de branco, símbolo da paz, congratulando-se uns aos outros pela chegada de mais um ano! A cena se repetirá por muitas e muitas cidades ao redor da Terra hoje, todos envolvidos num grande ritual, celebrando o “novo tempo”.

Para os cristãos e cristãs o 31 de dezembro é data de olhar pra trás e agradecer pelas lutas, pelas vitórias, pelas bênçãos, pelas aprendizagens, pela comunhão, pela força e fé e por tudo o que nos aconteceu nos 365 dias que ficam para trás. É dia de nos ajoelharmos na presença de Deus, em comunhão uns com os outros, pedindo que Deus abençoe os dias que virão, o ano de 2009. Em muitas congregações os irmãos e irmãs “rompem” o ano juntos, após a celebração da Santa Ceia, de joelhos, rogando as bênçãos dos céus e agradecendo por tudo o que passou.

Por tudo o que o dia 31 de dezembro simboliza para nós, cristãos e cristãs leitores deste blog, a pergunta do salmista que abre este texto tem por objetivo nos lembrar as bênçãos, a proteção, os livramentos, as misericórdias, as lutas vencidas, as lutas perdidas, a força, a saúde, o vigor, as provações, enfim, tudo o que Deus permitiu que vivêssemos em 2008: o que daremos ao Senhor por todos os benefícios que Ele nos tem feito? Como retribuir ao Senhor por cada manhã, pelo pão de cada dia, pelo sono revigorante, pelo trabalho, pelos amigos que permanecem conosco, pelos outros que conquistamos, pela saúde, pela família, pelo relacionamento afetivo, pela sabedoria que progrediu, enfim, por tudo o que de “bom” Ele nos concedeu neste ano que passou?

Como retribuir ao Senhor pelas oportunidades que Ele nos concedeu e que nos fizeram crescer como gente e nos tornarmos mais experimentados na vida? Sim, porque o que nós sofremos, seja enfermidade, sejam rompimentos de vínculos humanos, seja a falta de um emprego que nos sustente, seja o que for que chamamos de “negativo” (por que gostamos tanto de sistemas binários?) tudo o que nos ocorreu, foi, permissão de Deus. Não sei vocês, mas comigo, sempre que passo por lutas e provações, saio delas mais experimentado, mais adulto, mais forte, mais firme na fé! Foram vários os dias ao longo de 2008 que “briguei” com Deus, lançando-lhe perguntas como as perguntas de Jó e dos salmistas. Todas elas não foram afrontas ao Senhor, mas questionamentos legítimos de quem, de alguma forma, sofre na existência e Ele me respondeu! Me respondeu com força, com vigor, com discernimento, com gana, com mais amor pela vida! Eu creio na pedagogia de Deus e creio no Amor de Deus. Assim sendo, eu creio que todas as coisas contribuem para o bem daqueles que amam o Senhor, conforme nos ensinou o Apóstolo Paulo.

Como retribuir tudo isso ao Senhor? Com gratidão! Sim, com aquele sentimento que chamamos de louvor que também é uma atitude. Gratidão é o único sentimento que pode subir e se instalar num coração que sabe que todas as coisas que Deus permitiu foi bênção para nós. Tudo o que nos veio em 2008, assim como o que nos virá em 2009, é Graça de Deus em Cristo. É favor imerecido, é bênção sem barganha, é presente! Tudo! Só posso responder à Graça que me alcançou sendo grato!

Você que lê este texto no último dia do ano de 2008 ou nos primeiros dias do ano de 2009, deve fazer a mesma pergunta a si mesmo: que darei eu, como retribuirei ao Senhor pelos benefícios que Ele me concedeu? Chame à memória o que pode te dar esperança hoje e lembre-se dos 365 dias do ano que passou e de tudo o que te aconteceu ainda que você chame de “negativo” o que pra alguns é “bênção disfarçada” pois é oportunidade de crescimento como gente. Lembre-se da fidelidade Dele para contigo e tua casa. Lembre-se do consolo, da coragem, da força, do destemor, dos desafios, enfim, de tudo o que você viveu e seja grato a Deus por tudo!

“Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!” (Rm 11.36)

Feliz 2009 para você e sua família! Muitas bênçãos no ano que se inicia!

Pelos Laços do Amor,

Reverendo Márcio Retamero – Comunidade Betel do Rio de Janeiro
www.betelrj.com

Comentários

  1. Meu querido amigo Márcio, eu realmente estava com a alma muito abatida antes de começar a ler o seu texto, entretanto, à medida que lia, pude perceber o quanto Deus tem sido misericordioso comigo e isso veio de uma forma muito simples e especial.
    Obrigado querido, por compartilhar conosco momentos de íntima comunhão com Deus através das suas palavras.
    Grande beijo!
    Wallace Ximenes
    Brasília - DF

    ResponderExcluir

Postar um comentário

1-Este blog aceita comentários que sejam específicos, ou em diálogo com as postagens correspondentes, conteúdo fora do contexto da mensagem correspondente poderá não ser publicado.

2- São vedados comentários com conteúdo de pregação ou proselitismos de doutrinas específicas de igrejas cristãs, ou qualquer outra religião,salvo quando estes se referirem à crítica de uma postagem principal em concordância ou discordância da mesma, devidamente fundamentados.

3-Conforme art. 5º, IV da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

4-Todo conteúdo dos comentários será avaliado, sendo reservado o direito de não serem publicados, os comentários, caso seus fundamentos sejam ofensivos ou desrespeitem o direito dos homossexuais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Romanos 1,18-32

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay

Bluetooth para pegação gay