Exemplo luso


Portugal deve ganhar abrigos para jovens gays com problemas em casa.



O Instituto da Segurança Social de Portugal anunciou apoio à criação de casas de abrigo para jovens LGBTs expulsos de casa pelos próprios pais ou que vivem em situação de risco no ambiente doméstico em decorrência da orientação sexual. A iniciativa deverá ser resultado de uma parceria público-privada como uma das estratégias para combater a violência física e psicológica sofrida por jovens homossexuais dentro das próprias casas.

De acordo com Edmundo Martinho, presidente do Instituto da Segurança Social, o poder público não tem capacidade de criar respostas sobre esta realidade, mas pode apoiar instituições particulares de solidariedade social que se propuserem a trabalhar com esses casos. "É o mesmo que acontece com entidades de proteção às mulheres vítimas de violência doméstica", disse Martinho.

De acordo com a Rede Ex aequo, associação que representa LGBTs de Portugal com idades entre 16 e 30 anos, o número de jovens agredidos em casa e que pedem ajuda à entidade só cresce. "Estes jovens entram num profundo estado de isolamento. É que se há pais violentos, que os agridem e os expulsam de casa, há depois todo um controle que vai desde vasculhar o celular até levar os filhos à escola, não lhe permitindo o seu espaço individual", disse Rita Paulos, porta-voz da Rede Ex aequo. De acordo com pesquisa feita pela associação, apenas 17,6% dos jovens disseram que seus pais lidam com a homossexualidade numa boa.


Fonte: Mix Brasil

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Romanos 1,18-32

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay