O raciocínio hominídeo de Malafaia

xxxy_xxxy_image_48783fd72614b

Entre as minhas antipatias e o ridículo não posso deixar de desconsiderar a primeira e gargalhar da segunda. Valer-se do bom e velho senso de humor ajuda a superar os momentos chatos de irritação. E penso que foi assim que encarei algumas coisas que ouvi de Silas Malafaia, pretenso pastor, nesses debates sobre o PLC 122/06.

Tudo estava na mais plena “normalidade” de sempre; Silas Malafaia como o dono da verdade e seus oponentes como servos de satanás, até que o vulgo pastor resolveu atacar de cientista! E disso não me canso de debochar. O Silas foi provar, nesses termos usados, que a homossexualidade é uma escolha (tenho que dar parabéns para o cientista pastor, merecedor do Nobel, pois sua descoberta cientifica é glamourosa, um primor!), daí, ele foi provar para o douto em ciências médicas e humanas- Ratinho- vulgo Carlos Massa, especialista, PHD, em assuntos de complexidades cientificas variadas. Disse o Malafaia: “Os genes são Macho e Fêmea (XY-XX) e são os únicos que existem”, ideologizando a questão afetiva da sexualidade em termos simples de estrutura hormonal, corporal e de órgãos genitais.

xxxyOra, se usarmos a própria lógica do vulgo pastor, também, provaremos que a homossexualidade (bissexualidade) é inata nos seres de gênero masculino, e a heterossexualidade inata nos seres de gênero feminino não sendo escolha. Muito simples: o homem possui um gene XY e a mulher o gene XX, assim na reprodução a mulher dá o seu gene X e o homem poderá dar ou o X ou o Y, se ele der o X teremos uma representante do sexo feminino, ou seja, plenamente heterossexual XX, se ele der o Y teremos a definição para o sexo masculino, plenamente bissexual XY.

Agora, se isso que disse a cima é um absurdo, quanto mais à teoria do Silas em afirmar que é macho e fêmea e o que passar disso é escolha comportamental. Os fatores que envolvem a homossexualidade são complexos e não se esgotam no sexo gênero MACHO E FÊMEA. Fatores genéticos, fatores ambientais, fatores hormonais e fatores sociais são um misto na formação da sexualidade, então, a confusão do suposto pastor é referida na identidade de gênero e no papel de gênero, que são construções sociais, nesse aspecto ele joga aos genes XX- XY, os conceitos de representação social do masculino e do feminino, que nada definem em si mesmos. Dizendo desse comportamento uma escolha, como tudo se fechasse e se resolvesse exclusivamente aqui.

Ora, rolei de rir, Silas raciocina como um primata, ou melhor, acho que os primatas conseguem ser superiores ao Silas. E Silas foi aplaudido pela maioria dos evangélicos, inclusive aqueles que o tem criticado pela teologia da prosperidade, que esqueceram quem ele é, e rasgaram elogios. Ora, sabemos que os evangélicos, quando se trata de pensamento, eles são menos capazes daquilo que eles mesmos acham de si e divulgam, assim, Silas convenceu suas ovelhas (E salve o velho e bom Nietzsche) de que ele deu um show!

Lamentável o nível intelectual do nosso povo...

untitled

Comentários

  1. Olá, um belo post. Além de concordar com tudo o que disse, destaco o final do seu post, onde você lembra muito bem o fato de que aqueles que vivem malhando o "Malafeia" esqueceram rapidinho da bíblia de R$ 900,00 que o "telepastor" estava (estava?) vendendo há pouco tempo e fizeram coro ao discurso anti-homossexual que lhes interessava.

    "Assim caminha a cristandade"...

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. O homossexualismo é pecado.O homossexual é amado por Deus.Eu vos amo em Cristo Jesus.
    Em minha igreja todos os gays são bemvindos, porque lá há o poder transformador de Cristo para mudar práticas perniciosas do homem pecador.
    Jesus não exclui ninguém, mas os transforma.O Reino de Deus é de incluçao dos lavados,redimidos e arrependidos de todo e qualquer prática pecaminosa.
    Aliás, com que base você chama um pastor ordenado há mais de 25 anos pela CEADER e CGADB de suposto pastor.
    Prabéns pela sua crítica aos R$900,00.vOCÊS SABEM CRITICAR,então deixa o pastor defender suas convicções e criticá-los.Isto é democracia.
    Parece-me que voces não sabem conviver com a democracia e querem privilégios, tal como como parte de nossa sociedade, por exemplo detentores de nível superior têm direito a prisão especial e até os políticos.
    Se alguém mata um gay é punido como qualquer homicídio e por aí se vai.Até mesmo para ofensas já existem leis para esta questão que engloba todo o cidadão;inclusive gay, pois ele também é um cidadão e todos são iguais perante a lei.

    ResponderExcluir
  3. Alexandre Matias,

    Obrigado por seu comentário, contudo, devo eu discordar de algumas questões e esclarecer outras.

    1º- A homossexualidade não é pecado, como afirma você em sua argumentação. Aliás, ela pode ser pecado para você, enquanto mera opinião, mas no que engloba a espiritualidade e fé, não há base bíblica- exegética para uma afirmação tão precipitada e preconceituosa, figurando, assim, como mais uma crendice evangélica- fundamentalista, uma superstição, do que uma verdade escriturística.

    2º-De fato, o homossexual é amado por Deus, que nunca o discriminou ou o condenou por sua homossexualidade, agora dizer que você ama a um homossexual, isso não é verdade, ou se ama, ama com outro tipo de amor, mas não esse desinteressado, altruísta e fraternal, como tenta, supostamente evidenciar aqui.

    3º-Se os homossexuais têm que ser reorientados na sua igreja para serem bem-vindos, ou só serão bem-vindos se submeterem a tal processo, de fato, eles não são bem-vindos, pelo contrário, eles têm que deixar de ser aquilo que são, só para então pertencer ao grupo. Contudo, independente disso, sei que os DÍZIMOS doados por eles são sim muito bem-vindo, e para isso nem reorientados eles precisam ser para contribuírem!

    4º-Sugeriria que você estudasse, com profundidade, a relação do pecado e as comunidades de fé, e sua evolução até o NT, antes de falar em transformação, inclusão e remissão. Até pelo fato de ter certeza que você não sabe, e por isso comentou da forma como comentou!

    5º-A base que uso para conferir ao Silas a alcunha de SUPOSTO é tão somente uma, ele ser apenas um pretenso, e digo PRETENSO pastor, não reconheço, e muito menos minha denominação, a validade dessas siglas e da autoridade de Silas para falar em nome da Igreja Protestante.

    6º-Sabemos viver com a diferença, não sabemos conviver com a violência, essa mesma violência que vocês disfarçam como crítica à homossexualidade, invocando uma dita liberdade de expressão, que nesse caso não existe, pois a própria Constituição Federal veda, em nome da fé, em nome do ódio, em nome de Jeová.

    O preconceito nessas ações, na sua ação, Alexandre, é torpe, é vil e merece ser punido sim... Oro pela aprovação do PLC 122/06, só assim vamos, de fato, melhorar a sociedade dessa OPINIÃO TACANHA E TRAVESTIDA!

    ResponderExcluir
  4. Além da arrogância ignorante, considero que a falta de humildade diante do conhecimento seja um outro grave erro da humanidade. Esse Silas Malafaia, servo da arrogância e da prepotência, comete os dois erros. Se acha o dono da verdade e mente ao usar de modo distorcido as informações que passa. Convido o referido pastor a estudar um pouco mais o tema em questão e a considerar os achados antropológicos acerca do tema da sexualidade humana ao logo do tempo e das culturas humanas e verá que as coisas não são tão simples assim como quer nos fazer crer. Fico triste ao ver como uma pessoa como ele, premeditadamente, distorce informações em benefício próprio. Se Deus for realmente como esse pastor nos faz crer, confesso que quero distância dele. Não quero nada com um suposto deus que age de modo arbitrário e que condena milhões ao sofrimento. Cada dia que passa eu creio que cada um faz Deus á sua própria imagem e semelhança e não o contrário. Malafaia é um arrogante e prepotente. Nada mais normal do que o deus dele ser do mesmo modo. Estranho seria se ele - um poço da arrogância e do autoritarismo - servindo a deus dele clemente, amigo e tolerante. Gente intolerante elabora uma imagem de Deus similar à sua personalidade. Isso é um fato. Basta observarmos o dia a dia. Não quero nada com o deus dessas pessoas.

    ResponderExcluir
  5. O homossexual que entrega a vida para Jesus e se liberta (de fato), tem sua vida transformada e perde a atração por pessoas do mesmo sexo... Há varios casos assim, e conheço pessoalmente um em específico...
    O processo de libertação não é nada fácil. Muitos, por fraqueza desistem e se voltam contra a Igreja, ou passam à ser meros frequentadores... Mas o que persevera até o fim, vence!!!

    ResponderExcluir
  6. Sei Paulo, e Papai Noel EXISTE!. Muitas pessoas já o viram, e comprovam a sua existência. Há vários casos assim, e conheço pessoalmente um específico...

    O processo para vê-lo no trenô com suas Renas não é nada fácil. Muitos, por fraqueza, desistem e se voltam contra ele, dizendo ser lenda, ou nossos próprios parentes... Mas quem presevera até o fim, vence e o vê!!!

    Xiiiiiii, Ô loco meu!

    ResponderExcluir
  7. Bom ou vocês não leem a biblia ou torcem ela para estar de acordo com o que acreditam, por acaso não sabem por que DEUS destruiu sodoma e gomorra?As pessoas sempre entendem como querem entender assim como os católicos dizem que não estão errados em se dobrar diante de uma imagem.Se querem ser pervertidos sejam,(Deus criou macho e fêmea, e a propria anatomia mostra isso, se fosse pra escolhermos qual opção queríamos seriamos hemafrodita),agora não vem querer tirar nosso direito de ser contra.Eu não quero e tenho o direito de falar para o meu filho que é errado,pecado,respeitem nossa opinião, assim como temos o dever de respeitar vocês e suas perversidão,afinal DEUS dá o livre arbítrio.Agora se continuar assim daqui a pouco ser gay vai ser obrigatório.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

1-Este blog aceita comentários que sejam específicos, ou em diálogo com as postagens correspondentes, conteúdo fora do contexto da mensagem correspondente poderá não ser publicado.

2- São vedados comentários com conteúdo de pregação ou proselitismos de doutrinas específicas de igrejas cristãs, ou qualquer outra religião,salvo quando estes se referirem à crítica de uma postagem principal em concordância ou discordância da mesma, devidamente fundamentados.

3-Conforme art. 5º, IV da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

4-Todo conteúdo dos comentários será avaliado, sendo reservado o direito de não serem publicados, os comentários, caso seus fundamentos sejam ofensivos ou desrespeitem o direito dos homossexuais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Levítico 18,22. 20,13

Romanos 1,18-32

Bluetooth para pegação gay

Namoro Gay