Polêmica com Glória Perez

Guilherme de Pádua, hoje evangélico, membro da Igreja Batista da Lagoinha, e um dos responsáveis pelo portal Lagoinha.com estará novamente na mídia, devido a uma ajudinha do Ratinho, vulgo Carlos Massa, que oportunamente, tem usado seu programa, o espaço que tem no SBT, para divulgar os EVANGÉLICOS CARISMÁTICOS em detrimento da própria sociedade.

Assim, Ratinho já promoveu o Silas Malafaia, empresário da fé, e opositor do Movimento LGBT, e agora promoverá, dando voz à mídia, novamente, ao Evangélico e ex-assassino Guilherme de Pádua, o que fez a mãe de Daniela Perez, a novelista, Glória Perez protestar em suas redes sociais onde participa.

Não sei o que pretende de fato o Ratinho, apenas uma briga desleal pela audiência no horário em que concorre com do Datena, na Band, e o Brasil Urgente, ou se, de fato, dando uma de João sem-braço promover uma religião dentro do Brasil... Bem, o fato é: o povo adora, depois chora! Confira a reportagem do FUXICO:

Ratinho conseguiu uma entrevista exclusiva com o ex-ator Guilherme de Pádua, que em 1992 assassinou Daniela Perez, junto com sua então mulher, Paula Thomáz.  A jovem, que tinha 18 anos, é filha de Glória Perez, autora da novela De Corpo e Alma, na qual Daniela e Guilherme atuavam.

Inconformada com a entrevista, prevista para ser exibida nesta quarta-feira (7) e, provavelmente, na quinta-feira (8), Glória Perez mostrou estar indignada em sua página pessoal, no Twitter, pelo fato de o apresentador dar espaço para Guilherme em seu programa:

“Lastimável a atitude do Ratinho de levar o psicopata [Guilherme] ao seu programa. Peço a vocês que deem 'RT' [reprodução a outros endereços no twitter] nesses vídeos”, escreveu a novelista, que postou inúmeros links com vídeos no Youtube que mostram a condenação de Guilherme de Pádua.

Em seguida, a novelista ainda mandou a mensagem direto para o apresentador:

“@ratinhodosbt venha até meu Twitter conhecer de verdade o assassino que vai entrevistar. Mais em: http://daniellafperez.blogspot.com”, escreveu.

Em resposta à Glória, Ratinho também usou sua página no Twitter para tentar esclarecer seu ponto de vista sobre a entrevista que, segundo ele, é um assunto polêmico e que tem impacto na opinião pública.

“Essa matéria é pra saber perante a opinião pública se estes crimes hediondos já foram esquecidos ou ainda estão vivos na memória popular. Tenho três filhos e três netas. A história triste, o crime bárbaro, nada apaga a dor da perda de um filho. Na verdade, tento colaborar para que estes casos não fiquem esquecidos e a nova geração tome conhecimento do que aconteceu anos atrás”, postou ele, que em seu programa, no SBT, ainda questionou o fato de não poder entrevistar o assassino, já que outras emissoras podem entrevistar os Nardoni, a Suzane von Richthofen, entre outros que cometem crimes hediondos.

Por fim, Glória mostrando-se decepcionada com Ratinho:

“Que decepção! Eu apertei sua mão nos tempos em que você se indignava com assassinatos covardes!".

Guilherme de Pádua estará ao vivo no Programa do Ratinho, no SBT, às 18h e a população pode fazer perguntas e tirar suas dúvidas em tempo real.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay