Evangélicos e gays: irreconciliáveis

Segundo Gabriel Chalita, evangélicos se preocupavam mais com casamento gay que católicos

O deputado federal eleito Gabriel Chalita (PSB-SP) declarou que grupos evangélicos estavam mais preocupados com o casamento gay que o grupo de católicos. Chamado para fazer a ponte de Dilma Rousseff com os religiosos, Chalita foi responsável pelo discurso de temas polêmicos da candidata eleita pelo PT, como o aborto.

Levando Dilma para conversar com bispos, Chalita diz que muitos bispos desarmavam os argumentos de outros bispos. O tema mais discutido entre os bispos era o aborto, liberdade religiosa e liberdade de imprensa. Já para a comunidade evangélica, o casamento gay era prioridade.

Fonte: Cena G
============= Comentário de Renato Hoffmann =============

As declarações do deputado Chalita nem precisavam ter sido vinculadas, proferidas, pois bastam os olhares ao cenário para compreendermos bem quem são os evangélicos; povinho medíocre e sórdido, numa escala de valores, eles conseguem ser o sinete e alcançar a plenitude.

O fundamentalismo radical domina a igreja evangélica, seja em que seguimento for. Isso se dá pelo fenômeno não ser produto de uma ideologia específica, mas ele acontece na identificação de determinados atos, que garantam um conforto idealizado, em detrimento de toda a realidade circundante. O primeiro nosso grupo, e depois os outros é guisa condutora de toda interpretação dessa horda primitiva de pulsões não amadurecidas, não humanizadas. Escrevo sobre isso no meu blog, numa postagem intitulada: A inumanidade do fundamentalismo.

Assim, nossas questões se tornam irreconciliáveis, não há diálogo, não há perspectivas , de fato, é hora de cobrarmos do Estado laico, que ele seja laico!

Comentários

  1. Concordo plenamente e assino embaixo!
    Eu odeio esse negócio de que o estado tem que ficar bajulando igreja!
    As pessoas tem que ter os mesmos direitos dentro da lei, e pronto!
    Se as igrejas não gostam, problema é delas!
    Por que elas tem que se incomodar tanto com a vida alheia??

    ResponderExcluir

Postar um comentário

1-Este blog aceita comentários que sejam específicos, ou em diálogo com as postagens correspondentes, conteúdo fora do contexto da mensagem correspondente poderá não ser publicado.

2- São vedados comentários com conteúdo de pregação ou proselitismos de doutrinas específicas de igrejas cristãs, ou qualquer outra religião,salvo quando estes se referirem à crítica de uma postagem principal em concordância ou discordância da mesma, devidamente fundamentados.

3-Conforme art. 5º, IV da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

4-Todo conteúdo dos comentários será avaliado, sendo reservado o direito de não serem publicados, os comentários, caso seus fundamentos sejam ofensivos ou desrespeitem o direito dos homossexuais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Romanos 1,18-32

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Levítico 18,22. 20,13

Bluetooth para pegação gay

Namoro Gay