Michael do Vôlei Futuro assume: “sou gay!”

Após ofensas, Michael diz: 'Sou gay. Todo mundo aqui sabe quem sou'

 

Meio de rede afirma que dirigentes do Vôlei Futuro ficaram assustados com situação na partida com o Cruzeiro pelas semifinais da Superliga Masculina

Por Helena Rebello - Rio de Janeiro

Globo Esporte.com

michael-volei-futuro470 Diante da polêmica do confronto entre Vôlei Futuro e Cruzeiro, em que o clube paulista reclamou de problemas de segurança, superlotação e comportamento preconceituoso da torcida local, Michael, alvo das ofensas, resolveu se posicionar. O meio de rede da equipe de Araçatuba conversou abertamente com o GLOBOESPORTE.COM sobre sua opção sexual, lamentou as manifestações homofóbicas da torcida adversária e disse esperar mudanças.

O que aconteceu exatamente em Contagem? Já tinha passado por uma situação semelhante antes?
- No jogo em Contagem teve uma manifestação da torcida gritando “bicha”, “gay”, todas essas coisas. Já tinha acontecido casos isolados de algumas pessoas gritarem pelo clima do jogo. Mas nem escuto, deixo passar porque é ignorância. Mas foi um coro, senhoras, crianças e mulheres gritando, já num clima preconceituoso mesmo. Hoje resolvi falar para que isso não aconteça mais, não só comigo, caso futuramente eu vá lá jogar de novo, se tivermos o terceiro jogo (pelas semifinais da Superliga). Igual lá, nunca aconteceu. Até por isso que resolvi falar, fazer uma manifestação.
Você acredita que esse episódio atrapalhou o seu rendimento em quadra? Te desconcentrou?
- Desconcentrar não me desconcentrou, mas a situação me deixou constrangido. Pensei sobre o que estava acontecendo. Eu nem olhava para a torcida. Quem me vê jogando sabe que eu nem olho. Foi uma manifestação por causa do meu jeito. Mesmo depois de me xingarem, não bati boca com ninguém, fui direto para o vestiário, poderia ter retribuir, mas não fiz.

Michael Volei Futuro  (Foto: Divulgação/CBV)A comissão técnica e os outros jogadores falaram com você sobre isso após o jogo? Ou você externou isso?
- No vestiário falei que estava chateado. Os dirigentes vieram falar comigo também. Estavam escandalizados. Todo mundo ficou preocupado com o que eu estava sentindo. Lógico que não estava feliz.

Você tem algum problema em falar sobre a sua opção
sexual?
- Sou gay, mas isso não precisa ser comentado. Todo mundo aqui sabe. Lógico que nunca cheguei a assumir. Eu sou o Michael. Todo mundo sabe quem eu sou. Eles me respeitam totalmente no time. Não só aqui, mas nos 10 anos que joguei no São Bernardo. Todos os times me trataram bem.

Podemos publicar isso? Que você é mesmo gay?

- Sim. Nunca cheguei e falei “sou gay” porque não tem necessidade. Todo mundo sabe. Não tenho necessidade de sair divulgando.

Você tem medo que, de alguma forma, suas declarações tenham efeito contrário e aumentem mais ainda o clima hostil para a próxima partida e futuros jogos em Minas?
- Se tiver um efeito reverso, pelo menos estou fazendo algo para mudar. Pelo menos não me calei diante dessa situação. Não gostei do que houve comigo e não gostaria que acontecesse com ninguém. Muita gente ficou sensibilizada e veio falar comigo.

O Vôlei Futuro está tomando providências jurídicas?

- Não sei como vai ser feito, nem perguntei direito. Mas o clube vai me informar quando estiver tudo resolvido.
Sobre as reclamações do clube sobre segurança, superlotação, segurança bêbado: você viu isso?
- Eu fui direto para o vestiário e não prestei muita atenção, mas realmente parecia que tinha uma superlotação.

E como está sua preparação para o jogo de sábado? Está conseguindo se concentrar ou ficou abalado?

- Estou bem. Estamos treinando direto com o time forte. Muita gente que acompanha o vôlei está dando o maior apoio. Realmente fiquei assustado com a situação. Uma coisa é torcida, outra é uma aglomeração te xingando, apontando o dedo. Abalado não estou. Como atleta tenho que enfrentar, lidar com isso.

Vôlei Futuro e Cruzeiro se enfrentam às 10h deste sábado no segundo confronto da semifinal da Superliga Masculina de Vôlei, com transmissão ao vivo da Rede Globo. Como venceu o primeiro duelo por 3 sets a 2, a equipe mineira precisa de apenas mais uma vitória para se classificar para a decisão. 

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay