Com fim de proibição, militar americano assume homossexualidade




Um proeminente defensor dos direitos homossexuais que usava o pseudônimo J. D. Smith é, na verdade, o primeiro tenenteJosh Seefried, 25 anos, um oficial ativo daForça Aérea.


Exatamente no primeiro minuto desta terça-feira (20), ele abandonou o pseudônimo, liberto da necessidade de ocultar suaorientação sexual, como milhares de outros integrantes no Exército americano.

"Sempre tive a sensação de que estava mentindo e que não poderia ser parte da família militar", disse Seefried, que ajudou a fundar um grupo secreto de 4 mil gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros membros ativos das Forças Armadas.

"Agora sinto que posso conhecer meus colegas de novo. Quando vou a uma festa de Natal, posso realmente levar a pessoa com quem tenho um relacionamento. É um grande alívio."
Após 18 anos, a lei conhecida como “Don’t Ask, Don’t Tell” terminou oficialmente à meia-noite e com ela as dispensas que retiraram mais de 13 mil homens e mulheres das Forças Armadas sob a proibição do serviço de soldados abertamente homossexuais.

Fonte: Cena G

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Levítico 18,22. 20,13

Romanos 1,18-32