Sessão pipoca: Dream Boy


Quando acabei de assistir esse filme, curiosamente, veio-me à memória uma música do Roupa Nova: Amo em silêncio. Peguei o violão e toquei com a galera que estava reunida em minha casa, cantamos e, o mais bacana, foram as conclusões sobre o filme.

 É que, no final, o tema é livre, e o espectador é quem decide o destino de Natham e Roy, então, desta vez, eu não poderei comentar, aqui, as discussões sobre o roteiro que rolaram, sob pena estragar o glamour da coisa! Mas a todo instante ela estava lá: Amo em silêncio, principalmente a parte que diz: Sou como a estrela que o dia não vê/ Que espera/A noite chegar/Ah! Ah! Ah!/ Hoje meu mundo/ É só eu e você/E é nos sonhos/ Que eu vou/ Te encontrar...

Então, se você não conhece a canção, eu vou deixá-la aqui também, até pelo fato dela ser muito bonita!




Agora, só por coincidência, tem um carinha na academia em que eu malho que me lembra muito o ator que representou o Roy, aliás, a semelhança é espantosa, diria eu! O que me fez valorizar o filme mais ainda...

É uma linda história de amor, daquelas, que a maioria de nós deseja, dentro do amor idealizado, platônico, perfeito. Bem, o filme é muito simples, mas envolve temas como o incesto, homossexualidade, abuso sexual e violência. Mas, não é agressivo, por que cumpre o papel de ser romântico, e ao final você ainda escolhe o destino dos personagens. Enfim, eu me encantei pelos garotos e pela história, espero que vocês também gostem, então sem mais delongas, pipocas prontas, bom filme! (clique em close to play e o vídeo começa a carregar)

 

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Levítico 18,22. 20,13

Romanos 1,18-32

Namoro Gay

Bluetooth para pegação gay