Se eu cortar o cabelo, mudar o estilo, você vai me notar?

O título aí é provocativo, sugestivo, né?

Antes que pensem, não é uma mensagem para ninguém em particular - certamente terão os que pensarão isso (mesmo depois dessa justificativa). Todavia, o que me importa é trazer um dos sentimentos que mais me importunaram esses anos todos: a percepção. Há algum tempo atrás, zapeando pela televisão de madrugada, parei em um filme chamado "Pixel Perfect - ou Pixel, a Garota Perfeita", que estava em exibição naquela madrugada no Disney Channel (sim, eu assisto também canais para o público infanto-juvenil).

Trata-se de um filme onde coloca-se o tema da perfeição como tema central de uma história onde temos um holograma (Loretta) criado por Roscue para ser a vocalista de uma banda (The Zetta Bytes) e ser o exemplo de perfeição - seja cantando, dançando ou vestindo-se. Ao usar um holograma, Roscue consegue criar ciúmes em Samantha, a garota que tem uma paixão secreta por ele. Conforme o filme se desenvolve, vemos que o holograma tenta ser igual ao humano e o humano tenta ser igual ao holograma até perceberem que não é possível.

Por que, você aí do outro lado, me pergunta o que esse filme juvenil tem a ver com um blog com temática homossexual? Bom, uma das músicas que toca ao longo do filme chama-se "Notice me" (ou Note-me, em uma tradução mais livre). A reproduzo aí abaixo:

 

 Essa música traz um sentimento que todos temos quando pensamos em conquistar alguém: a percepção. Como será que nos percebemos? E como os outros vão nos notar? O refrão da música diz assim: "If I cut my hair, if I change my clothes, will you notice me?" (ou Se eu cortar meu cabeço, se eu mudar as minhas roupas, você me notará?) me lembra muito de mim mesmo há algum tempo atrás.

Todos nós que crescemos em um ambiente repressivo, as vezes, perdemos a nossa própria percepção de nós mesmos. As vezes, nem nos damos conta de quem nós somos. Já fiz muito do que esse refrão da música aí repete: já cortei o cabelo, já mudei o estilo das roupas para ser notado por alguém.

Sabem o que eu conclui disso tudo?

Só mude se for pra você se notar, se perceber, entender quem você é, o quão belo você é. E não para agradar ou chamar a atenção de outras pessoas.

No nosso mundo, temos sempre essa mania de nos subvalorizarmos com medo de ficarmos sozinhos. E nessas tentativas, cometemos muitos erros, sofremos demais. Ser notado é, antes de tudo, uma percepção de si mesmo.

Todos nós devemos nos libertar das amarras onde estamos trancafiados e descobrirmos nossas próprias belezas, nossos próprios desejos e nossos próprios sonhos. É só assim que conseguiremos ser notados por aqueles que irão nos amar. Se nos notarmos tal qual realmente somos, assim também eles nos notarão.

Você já fez algo para ser notado? Deixe aí nos comentários um pouco de seu relato.


Comentários

  1. leiam este livro :http://speedxdownload.blogspot.com.br/2011/10/eu-nasci-assim.html muito bom

    ResponderExcluir

Postar um comentário

1-Este blog aceita comentários que sejam específicos, ou em diálogo com as postagens correspondentes, conteúdo fora do contexto da mensagem correspondente poderá não ser publicado.

2- São vedados comentários com conteúdo de pregação ou proselitismos de doutrinas específicas de igrejas cristãs, ou qualquer outra religião,salvo quando estes se referirem à crítica de uma postagem principal em concordância ou discordância da mesma, devidamente fundamentados.

3-Conforme art. 5º, IV da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

4-Todo conteúdo dos comentários será avaliado, sendo reservado o direito de não serem publicados, os comentários, caso seus fundamentos sejam ofensivos ou desrespeitem o direito dos homossexuais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Levítico 18,22. 20,13

Romanos 1,18-32