A Bíblia não diz que devemos amar a todos?

Ha! A Bíblia! Para dizer a verdade, ela diz uma porção de coisas;
mas ninguém nunca pensa em coloca-las em pratica.
(Harriet Beecher Stowe, em A Cabana do Pai Tomas)

Felizmente podemos ouvir falar de Deus, de seu filho Jesus, de suas glórias e de sua vitória na Cruz para nos salvar. Porém, infelizmente, o homem com sua mente faz o que quer em relação às interpretações bíblicas. Não vou aqui explicar que ser homossexual não é um pecado, acho que todos aqui tem já isso resolvido. Porém, podemos dar alguns exemplos de amor e de graça que Deus tem para um homossexual.

Jesus tinha o poder de amar prostitutas, homossexuais, heterossexuais, enfim toda a humanidade... Ele foi capaz disso apenas porque via através do pecado e da degeneração; seus olhos captavam a origem divina que estava oculta por toda parte e em cada homem! Primeiro, e principalmente, Ele nos dá novos olhos...

Quando Jesus amava uma pessoa qualquer, carregada de culpa, seja ele qual fosse, ele a ajudava, via nela um filho de Deus. Via um ser humano a quem seu Pai amava e por quem se interessava. Ele o via como Deus o planejara originalmente e queria que ele fosse e, portanto olhava, para o humano, não qualquer humano, superficial e alienado de si mesmo, mas para o que é PROFUNDAMENTE HUMANO. Já dizia um sábio: "o que é profundamente humano é divino"! E quando via algo que impedisse os homens de serem alcançados na sua humanidade ele apontava o caminho para o verdadeiro eu, libertando e propondo os recomeços. Jesus foi capaz de amar os homens porque ele os amava de maneira certa atravessando o que é superficial, aparente.

Certa vez, um filho evangélico disse à sua mãe que era homossexual. Todos da igreja ficaram sabendo de sua afirmação e então o abominaram por isso, porém, a sua mãe com voz trêmula e doce disse: "ele pode ser um homossexual, uma afronta abominável à muitos, mas continua sendo o nosso orgulho e alegria".

Perecebi que a mãe desse garoto expressou como Deus vê a cada um de nós. De alguma forma, todos nós - heteros ou homos - somos abominações para Deus pois todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus e, de alguma forma, contra toda razão, Deus nos ama assim mesmo. A graça declara que ainda somos o orgulho e a alegria de Deus.

por Fabiano Silva
De Nova York para Gospel Gay

Pesquisas : Maravilhosa Graca - Philip Yancey.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay