Boas...

Ao ler as palavras do Luiz Mott, resolvi transcrever e traduzir do inglês o resumo de um livro que se chama: O que a Bíblia realmente diz acerca da homossexualidade:

"A apróximação literal da Bíblia diz que não devemos interpretar a Bíblia, mas apenas tomar como certo aquilo que está escrito e como está escrito. As palavras da Bíblia nas traduções mais recentes são traduzidas para dizer o que elas dizem para o leitor de hoje. Nesta base, a Bíblia condena a homossexualidade em vários lugares.
Mas uma apoximação histórica, procula ler a Bíblia no seu contexto hitórico e cultural. Esta interpretação procura levar a interpretação da Bíblia ao seu verdadeiro sentido, procurando averiguar o que é que os autores originais quereriam dizer no seu tempo e à sua própria maneira. Entendendo os seus próprios termos, a Bíblia não foi escrita falando das nossas questões de ética sexual. A Bíblia não condena sexo gay como nós o entendemos hoje.

O pecado se Sodoma foi a falta de hospitalidade e não homossexualidade. Judas condena sexo com os anjos e não sexo entre dois homens. Não há um único versículo que se refira indisputavelmente a sexo entre mulheres.
Algumas Bíblias referem-se a "sodomitas" em Deuteronómio e 1 e 2 de Reis... é uma tradução errada. Do ponto de vista positivo da heterosexualidade não se retira nenhuma conclusão da homossexualidade. Figuras Bíblicas como Jonatas e David, Rute e Noemi, Daniel, podem muito bem ter estado envolvidos em relações do mesmo sexo vistas como sendo o plano de Deus. Jesus não disse nada acerca da homossexualidade, nem mesmo quando face a face com um homem no meio de uma relação homossexual.

Apenas 5 versos da Bíblia expressam uma opinião sobre sexo com homens: Levítico 18:22 e 20:13, Romanos 1:27, 1 Corintios 6:9 e 1Timóteo 1:10. Todos estes textos são relativos a algo mais do que sexo com homens em si mesmo e estes 5 versos apenas se referem a 3 questões diferentes.

Primeira, Levítico proibia sexo homossexual como sendo uma violação da antiga versão Judaica de "mistura de géneros", a confusão das funções comuns: homens penetrando e mulheres sendo penetradas. A preocupação acerca de sexo de homem com homem, é uma ofensa contra a a religião Judaica, não uma violação da natureza sexual herdada.

Segundo, a carta aos Romanos presupõe que o ensinamento da lei Judaica em Levítico e o sexo entre homens sendo uma questão de impureza. Contudo, em Romanos é mencionado tudo isso precisamente para justificar que argumentos de impureza/pureza não têm mais importância em Cristo.

Finalmente, no termo obscuro de "arsenokoitai", se interpretado como sendo sexo entre homens, 1 Corintios e 1 Timoteo condenaria abusos sexuais associados com sexo entre homens e no primeiro século: exploração e abuso.

Então a Bíblia não contém nenhum patamar moral direto acerca de sexo entre homens nem a moralidade entre relacionamentos gay ou lésbicos como conhecemos hoje. Na verdade, o mais longo tratamento do assunto em Romanos, sugere que os atos homossexuais em si mesmo não têm nenhuma significância ética. Contudo, entendido no contexto do primeiro século decadente do império Romano, 1 Corintios e 1 Timóteo pode sugerir esta lição: formas abusivas de sexo entre homens, e sexo entre mulheres, deve de ser evitado.

Embora a Bíblia não condene o sexo entre homens ou mulheres, isto não quer dizer que vale tudo! Se estes dependem da Bíblia como um guia de inspiração, gays e lésbicas estão certamente ligados ao ensinamento moral dos ensianmentos Judeo-cristãos: homens/mulheres de oração, reverência para com Deus, respeitar os outros, amáveis, perdoadores, misericordiosos, honestos e justos. Trabalhar em harmonia e paz. Permanecer pela verdade. Desistir de si mesmos por aquilo que é bom, evitar o mal. Fazer a vontade de Deus. Amar a Deus com todo o coração e alma. Fazendo isto, é ser um verdadeiro discípulo de Jesus.

Viver pela Bíblia, gays e lésbicas submeterão os seus mais severos requisitos morais à palavra.esses requisitos incluem sexo em relações íntimas.

Isto é tudo o que honestamente pode ser dito ácerca do ensinamento Bíblico ácerca da homossexualidade. Se as pessoas ainda procuram algum ensinamento para mais claramente saber se sexo gay ou lésbico é mau ou bom... eles têm de procurar noutro sítio por uma resposta. Porque nesta matéria a resposta é expremamente simples. A Bíblia nunca foca essa questão. Mais que isso, a Bíblia Parece deliberadamente despreocupada acerca disso".

Que Deus vos abençõe.

Vasco Horta (de férias em Portugal)

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay