E nós não iremos responder?


Lendo uma reportagem, que reflete sobre o protesto evangélico no Congresso Nacional, no site A Capa, devo dar a mão à palmatória e dizer que concordo! A matéria assinada por Willam Magalhães traz no seu título, Protesto evangélico mostra desarticulação do movimento gay , o descontentamento e apreensão do autor em relação à capacidade de mobilização das igrejas fundamentalistas, em demérito da mobilização dos movimentos GLBT(s) na mesma causa é, sim, uma realidade.

Eu assisti, na minha residência, a manifestação pela TV SENADO, e foi deprimente ver pastores da Assembléia de Deus (Silás Malafaia, Jabes de Alencar) e muitos outros, na mesa da presidência, entregando documento assinado por eles, como se fossem representantes do povo evangélico, contra a PLC 122/06.

Na ocasião entregaram o documento ao Senador Paulo Paim, e não ao Senador Magno Malta, como consta na reportegem, este apenas discursou... e, voltou a comparar, sem escrúpulos, as relações homoafetivas com comportamento necrófilo e pedófilo. Também, tentou usar de uma persuasão marqueteira, barata e vil, ao tentar intimidar os senadores dizendo do número de evangélicos, alí presentes e, que, possivelmente, não votarão neles se deixarem passar a PLC 122/06. Bem típico do marketing agressor e chantagista contidos nessa forma de discurso em fazer tudo obra do inferno e barganhas salvíficas, aqui o discurso foi: se votarem prol PLC 122/06 a vida de vocês se tornará difícil, pois esse povo que aqui está, não só evangélicos, como católicos, espíritas e ateus, quer o direito de preservar suas famílias das aberrações contidas na PLC 122/06, que, na verdade, são anti-constitucionais (tipo, se assim procederem não herdarão o reino de Deus, ou as eleições para o próximo mandato).

Dessa forma, o recado foi dado aos senadores, e o movimento gay, de fato, tem assistido a tudo isso, sem a mesma capacidade de mobilização. Enfim, é hora de começarmos a pensar profundamente nessas questões. Afinal, o Senador Paulo Paim é defensor da PLC 122, mas sozinho é uma voz muda, gritando para ouvidos surdos!

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay