VEJA O QUE ROLA POR AQUI!

Nossos destaques:

VEJA O QUE ROLA POR AQUI! VEJA O QUE ROLA POR AQUI!

O amor cristão nos EUA expulsa jovens de casa por serem gays

Cacciati dai genitori migliaia di gay diventano homeless

O amor cristão nos EUA expulsa jovens de casa por serem gays O amor cristão nos EUA expulsa jovens de casa por serem gays

Ser um homem feminino

Salve, salve a alegria, A pureza e a fantasia […]

Ser um homem feminino Ser um homem feminino

DAR A BUNDA

Se dar a bunda... Já era!

Se dar a bunda...Já era! Se dar a bunda...Já era!

Ainda falando sobre promiscuidade

Ainda falando sobre promiscuidade Ainda falando sobre promiscuidade

A culpa é da promiscuidade: um erro conceitual

os gays são promíscuos e quem não ?

 A culpa é da promiscuidade: um erro conceitual
 A culpa é da promiscuidade: um erro conceitual

Carpe Anum // Carpe Culum

Carpe o quê?

Carpe Anum // Carpe Culum Carpe Anum // Carpe Culum

Sessão Pipoca: The Trip

FILME

Sessão Pipoca: The Trip Sessão Pipoca: The Trip

Justiça de BH autoriza casamento homossexual

Carlos Eduardo e Jorge irão formalizar união em abril próximo...

Justiça de BH autoriza casamento homossexual Justiça de BH autoriza casamento homossexual

A culpa é dos gays?

Site atribui responsabilidade aos gays por mulheres estarem solteiras em Campo Grande...

A culpa é dos gays? A culpa é dos gays?

Querem desprestigiar os gays!

O Vaticano lançou uma crítica sobre a matéria publicada nos meios de comunicação...

Querem desprestigiar os gays! Querem desprestigiar os gays!

Uma defesa para Silas Malafáia.

mas não há outra coisa a se fazer aqui, nesse momento, depois de ler em alguns blogs evangélicos

Uma defesa para Silas Malafáia. Uma defesa para Silas Malafáia.

Sessão Pipoca: Mambo Italiano

FILME

Sessão Pipoca: Mambo Italiano Sessão Pipoca: Mambo Italiano

Banho Turco/ Hamam -- Il Bagno Turco- Sessão Pipoca

Esse filme eu descobri por conta do meu professor de italiano, que constantemente...

Banho Turco/ Hamam -- Il Bagno Turco- Sessão Pipoca Banho Turco/ Hamam -- Il Bagno Turco- Sessão Pipoca

terça-feira, maio 25, 2010

Como é bom ser gay: diálogo com o Rev. Digão

Li essa postagem abaixo enviada a mim, e resolvi dialogar com ela:

benevolence1

Nesta semana, li na internet que a cantora evangélica Jennifer Knapp, sumida há sete anos, está de volta com um novo CD. Até aí, nada demais. Só que, com a notícia do novo CD, vem outra: ela assumiu ser lésbica. Jogadas de marketing à parte, é estranho tentar conciliar a fé cristã uma vez professada com um estilo de vida completamente contrário a essa mesma fé. Bom, os tempos são outros, e os costumes, também. Lembrei-me do cantor Ray Boltz, que ficou famoso (ao menos nos EUA) cantando country gospel, e que assumiu ser também gay há cerca de 2 anos atrás, afirmando que agora vive uma “vida gay normal”. Lembrei-me também de Doug Pinnick, baixista e vocalista do King’s X, que também assumiu sua homossexualidade em 1998.

Hoje em dia, com nosso relativismo moral a todo vapor, a agenda gay está na moda. Todo mundo agora aplaude a conduta gay. Qualquer opinião contrária, ainda que racionalmente embasada e civilizadamente exposta, é logo tachada de “homofobia”. Vivemos em uma sociedade onde a tolerância só é permitida se a opinião do outro for concordante. Se for discordante, preparem as tochas!

Bom, como é moda, e todo mundo quer atenção, confirmando o que Andy Wahrol disse certa vez, resolvo usar este espaço para abrir meu coração. Amo Jesus, amo a vida. Amo a maneira com que Deus me criou e permitiu que meu caráter fosse moldado. Então resolvo também assumir: EU NÃO SOU GAY! Continuo gostando de mulher. Nunca tive desejos sexuais com homem algum. Nem se tentasse. Na verdade, nunca tentei, pois nem a singela idéia me apeteceu. Portanto, continuo heterossexual, casado com minha esposa, cuidando das minhas filhas da maneira que Deus me orienta. Entendo que Deus criou dois gêneros (macho e fêmea), mas nunca uma mescla dos dois. Entendo também que querer aplacar a consciência cauterizada dizendo que “Deus me fez gay” é tentar tapar o sol com a peneira para o fato de a conduta homossexual ser, e continuar sendo, uma afronta ao projeto de Deus para o ser humano. E nunca fui tão feliz com essa minha opção, e precisava abrir meu coração para vocês! Como é bom ser hetero!

----------XX----------

Não tenho a pretensão de dizer qualquer coisa, que não seja o direito, direito de se ter uma fé, de se ter uma religião, de se freqüentar uma igreja, e de poder nela ser plenamente o que se é. Acontece que uma acusação de mordaça gay vem inundando a fértil imaginação da dita Igreja Tradicional, aonde, em nome do direito de se expressarem, querem acabar com a expressão de todos os outros que não pensam como eles. Aberração, pecado, imorais, indecentes, servos do diabo, são, dentre outras coisas, as acusações mais comuns que a comunidade gay escuta por se orgulhar de sua orientação sexual.

Duas coisas são impróprias para os evangélicos: o direito civil dos gays, e o direito dos gays se apropriarem da fé. Quando isso acontece, eles querem eliminar, de vez, o que para si, consideram como afronta a isso ou aquilo. Quando um gay se assume, agora é jogada de marketing, faz parte da agenda gay, que é aplaudida pelo mundo. Engraçado, quantos evangélicos morrem no Brasil ou no mundo, assassinados, por se converterem a essa fé? Bem, mas se tirarmos os evangélicos, e colocarmos os gays, os números são alarmantes, são assassinados pelo simples fato de serem gays! O mundo aplaude a agenda gay, mas os gays continuam à margem dos direitos civis, e com muita luta, e processos intermináveis conseguem uma solução intermediária na justiça, pelo convencimento dos magistrados, a uma disciplina onde a lei é omissa. Para um heterossexual ter as benesses do INSS, das parcerias da união civil, da adoção, da participação nos planos de saúde, é uma coisa imediata, para um gay há que se bater à porta do judiciário, pedindo clemência para algo que não deveria acontecer da forma como acontece, por estarmos em um Estado laico, pela própria constituição afastar de si as diferenças em relação ao sexo e a sexualidade. Agenda gay aplaudida pelo mundo? E os direitos o que o mundo fez com eles?

Uma questão paradoxal é dizer de opinião contrária racionalmente embasada. Alguns cristãos se acham no direito da manifestação contra um gay, e essa manifestação contrária, é racionalizada em que? Nas Escrituras, oras, então por que se recusam em fazer a exegese dos supostos textos, onde está a racionalidade embasada? Na fé, na opinião, no achismo, no preconceito?

Que digam os negros o que significa essa opinião racional embasada, quando, nos EUA, tinham que se levantar dos assentos públicos onde estavam para um branco tomar seu lugar, se assim fosse requisitado, e a justificação para tal questão se dava na Bíblia através da fé! E as tochas de fato eram preparadas, mas não pelos gays ou pelos negros, mas por um movimento dentro da Igreja Evangélica denominado KKK (Ku Klux Klan).

Agora, interessante é a necessidade da afirmação da heterossexualidade em face da homossexualidade, um bom psicólogo resolveria a questão. A única afronta a Deus é um evangélico interpretando as Escrituras! Deus criou macho e fêmea, e os mandou procriar, macho e macho os chamou de amigos, fêmea e fêmea os chamou de posse e objeto, e os evangélicos por não saberem interpretar continuam abominando a Deus com seus conceitos farisaicos! Pois eu sou gay, amo a Deus, e amo ser gay como ele me fez, entendo que Deus criou o homem e a mulher não para que a mulher fosse submissa ao homem, ou posse dele, mas companheira, e dentro das possibilidades de companhia e amizade, onde há o amor, ali há também a presença de Deus, abençoando e unindo homens e homens, mulheres e mulheres, homens e mulheres, na liberalidade da graça, por meio de Cristo, através de seu Espírito, santificando todas as coisas, pelo seu caráter essencial na construção do seu Reino. E entender que Deus condena os gays por sua orientação é uma afronta interpretativa das Escrituras em face ao caráter do próprio Deus. E nunca fui tão feliz com essa minha orientção, e precisava abrir meu coração para vocês! Como é bom ser gay!

R. Hoffmann

8 comentários:

  1. PARA NÓS, SER GAY É DOM DE DEUS, E SAIR DO ARMÁRIO É UM SACERDÓCIO!
    VIVA A DIVERSIDADE HUMANA... POIS NOS CRIOU DEUS E VIU QUE ERA MUITO BOM!!! AMAMOS E NOS ACEITAMOS EXATAMENTE COMO SOMOS: LGBT OU HOMOSSEXUAIS! SOMOS CHEIOS DE DONS, TALENTOS E CARISMAS! GLORIFICAMOS A DEUS PELO FATO DE VÁRIOS ARTISTAS ESTAREM SAÍNDO DO ARMÁRIO!!!

    ResponderExcluir
  2. Mano Renato

    Ninguém se preocupa com algo debalde, ou mais popularmente falando, "de graça", à toa. Os evangélicos que pontualmente tratam do tema homossexualidade X Igreja (entenda-se por "Igreja" as pessoas que procuram seguir ao Cristo) têm uma ou mais motivações para fazê-lo.

    Alguns certamente são mal-resolvidos sexualmente: vivem um casamento de fachada, são adúlteros ou mesmo gays enrustidos.

    Outros, talvez uma ínfima minoria, tenham motivos mais honestos para tecer considerações sobre o tema em questão. Podem se preocupar genuinamente em como seria o ambiente familiar e eclesiástico de/com pessoas gays, casais gays, clérigos homossexuais. Até aí é compreensível, se não extrapolar o campo das hipóteses e suposições.

    Porém, os evangélicos partem do pressuposto de que "estão sempre certos porque a Bíblia (leia-se a interpretação deles) está sempre certa e eles não estão fazendo nada além de citar a própria Bíblia".

    Eles são a antítese do existencialista: em primeiro lugar para eles estão as normas (os "certos" e "errados") e só muito depois é que é considerado o ser humano objetivo (de carne e osso) e subjetivo, com suas emoções e peculiaridades naturais que os dintinguem dos outros indivíduos.

    Daí ser impossível di-alogar com eles, visto que o homem para eles não tem valor e deve, se necessário, viver uma vida de angústias, privações, de celibato e auto-tortura psicológica para não irar ao "deus" deles que, afinal de contas, como eles adoram dizer, é "um fogo consumidor.

    Parabéns pela resposta, e um abraço fraterno.

    ResponderExcluir
  3. "Porém, os evangélicos partem do pressuposto de que "estão sempre certos..."

    Isaias,

    Esse sempre foi e será o maior problema dos crentes: ACHAR! Eles sempre acham e, sem uma orientação epistêmica, postulam ares de racionalidade, ciências, certeza e verdade absoluta através de uma premissa extremamente falha, SUAS PRÓPRIAS INTERPRETAÇÕES escriturísticas.

    Meu Deus ainda que toda a Bíblia fosse a verdade absoluta, o que não é, e nunca teve a pretensão de ser, as interpretações subseqüentes não seriam! A única verdade absoluta é a palavra (leia-se cristo, verbo encarnado) fora dele tudo é relativo, inclusive o que se diz dele!

    Enfim, são fundamentalistas, assassinos, basta olhar para história, que querem continuar pregando a morte (seus conceitos intolerantes) travestida de vida!

    Obrigado pelo belo comentário!

    ResponderExcluir
  4. Isso aí Ágape, fecho com vc em suas palavras! "Sair do armário é UM SACERDÓCIO!"

    Plenamente de acordo, enquanto mais gays se assumirem, mais enfraquecido fica o movimento anti-gay liderado pelos evagélicos homofóbicos!

    ResponderExcluir
  5. senhor R. Hoffmann, parabéns pela resposta e força

    ResponderExcluir
  6. Valeu Bruno,

    obrigado pela participação e apoio

    Renato.

    ResponderExcluir
  7. Os gays precisam ter boas referencias na midia e na sociedade mas tem profissões em que invariavelmente gays não tem chance e em outras é quase obrigatório ser para exercer. A sociedade é uma selva de estereotipos.

    ResponderExcluir
  8. Sempre houve homossexuais na historia da humanidade, porem se reservaram em seus locais e entre quatro paredes, e ao passar dos anos a sociedade foi deixando pra La e cada um foi vivendo o avanço cultural da sociedade em que vive, o problema hoje que eu tenho notado é a imposição de que devemos aceitar exibicionismo gay nas ruas, colégios shoppings e escolas, cadê o bom senso.
    Agora terei de dizer a um filho, que esta em formação vendo um mundo totalmente modernizado aonde a informação chega rápido, e falar que homem beijando homem é normal.
    Cada um faz o que quer da sua vida, porem para com bom senso, onde acaba o meu espaço começa o do outro, respeitem as crianças e adolescentes, quem quer respeito dar o mesmo antes.
    Gays aparecem em locais públicos se exibindo e não se amando, próximos a pessoas idosas ou crianças e querem ser chamados de normais ?
    Ninguém tem preconceito com homossexuais e sim com as atitudes tomadas perante a sociedade que tem o direito sim de criar e dizer a seus filhos o que é normal ou não, agora quando este passar a ser maior de idade, ai cada um segue o rumo que quiser, porem respeite a opinião de outros e não imponha idéias depois cobre com leis absurdas, tipo cota para negros ou cadeia para quem não aceita certas atitudes isso sim é alimentar preconceito, afinal somos todos iguais perante a lei.

    ResponderExcluir

1-Este blog aceita comentários que sejam específicos, ou em diálogo com as postagens correspondentes, conteúdo fora do contexto da mensagem correspondente poderá não ser publicado.

2- São vedados comentários com conteúdo de pregação ou proselitismos de doutrinas específicas de igrejas cristãs, ou qualquer outra religião,salvo quando estes se referirem à crítica de uma postagem principal em concordância ou discordância da mesma, devidamente fundamentados.

3-Conforme art. 5º, IV da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

4-Todo conteúdo dos comentários será avaliado, sendo reservado o direito de não serem publicados, os comentários, caso seus fundamentos sejam ofensivos ou desrespeitem o direito dos homossexuais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...