PASTOR EVANGÉLICO QUER PROIBIR BEIJO GAY

Dizem que os gays querem amordaçar as pessoas com o PL 122/06, mas são os Evangélicos que querem proibir as pessoas de se beijarem!

images

O primeiro beijo gay da campanha eleitoral, apresentado no vídeo acima, do PSol, no horário eleitoral gratuito de São Paulo, já começou a criar polêmica.

Relator do conselho político da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil, Lelis Washington Marinhos está defendendo que os partidos adversários e até mesmo o Ministério Público entrem com uma ação no Tribunal Regional Eleitoral pedindo a retirada da cena do ar.

– O que eles fizeram é uma provocação à sociedade brasileira. É uma situação deplorável, a grande maioria condenaria um ato desse, que antes era considerado atentado ao pudor pela lei. Para o bem da família, cenas como essa deveriam ser proibidas na televisão, ainda mais em horário eleitoral, que é acessível e estimulado.

 

Na carona do PSOL, o candidato à Presidência da República pelo PSTU, Zé Maria, também exibiu beijo gay no programa eleitoral exibido nesta quinta-feira, 27. Enquanto apareciam imagens de beijos, entre elas, a de um casal gay, Zé Maria falava: a luta contra todas as formas de opressão é parte fundamental do programa socialista. Não há capitalismo sem homofobia.”

De acordo com a assessoria do PSTU, o beijo gay está dentro da linha do partido, que visa propor temas para serem debatidos com a sociedade, como a luta contra a homofobia.

Apesar de tabu nas novelas, o beijo gay não foi novidade na política. No último dia 18, o PSOL causou polêmica na televisão ao protagonizar o primeiro beijo entre homens. Paulo Búfalo, candidato do partido ao governo de São Paulo, defende a estratégia:


“Nós avaliamos que as demonstrações de carinho precisam ser mostradas. São manifestações legítimas e mostram que o estado precisa ter políticas públicas para isso. O estado precisa ser laico, democrático. Precisa combater a homofobia nas suas políticas.”

O diretor da peça publicitária do PSOL, Pedro Ekman, garantiu que a intenção não foi chocar, mas simplesmente celebrar a diversidade.

----------XX----------

Engraçado, A Assembleia de Deus não se pronuncia contraio aos seus pastores, como por exemplo: SILAS MALAFAIA ir vender indulgências e enganar ao povo com a bênção da prosperidade em troca de R$900,00 ou de R$ 610,00. Ou seja, roubar não é pecado, mas beijar na boca… além de levar para o inferno já foi considerado atentado violento ao pudor, aquele velho artigo 214 do CP, que foi REVOGADO!

Engraçado eles vêm pregar bons costumes, mas roubam! O alto da hipocrisia evangélica: seja um ladrão mas não seja um gay! ISSO É UMA VERGONHA!

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Romanos 1,18-32

Namoro Gay

Bluetooth para pegação gay