Sessão pipoca: De repente Califórnia


Sexta-Feira, madrugada, amigos reunidos em minha casa, sim, é mais uma sessão pipoca com temática gay! Geralmente, eu assistiria qualquer filme com a galera, mas, eles pedem esse tema específico. Há uma curiosidade, uma vontade de se desvendar o comportamento gay. Será que é uma inserção normal? Há promiscuidade? Existem os mesmos tabus em relação à sociedade? Gay, que bicho é esse?

Lendo a crítica do filme percebi que pegaram pesado contra ele. Alegaram ausência de um roteiro promissor, produção de baixa renda, diretor inexperiente, enfim, essas coisas de críticos, mas, fiquei pensativo, necessariamente eu adorei! E penso que a crítica foi cruel, porque pela primeira vez o casal gay teve mais estrutura emocional e relacional do que o casal heterossexual.

Bem, ao final da sessão, eu estava curioso para ver a reação, exatamente pelo fato descrito acima: o casal gay é estruturado em relação aos héteros, que reproduz o imperativo macho dominante e fêmea submissa. Com os gays, no filme, há ausência desse tipo de leitura, embora não faltem os conflitos.  Bem, e para minha surpresa, quando acabou todos aplaudiram sem questionamentos e nem crises. Enfim, estamos evoluindo!

Galera, pipocas preparadas, vamos ao filme (clique em Close to play para o filme começar):




Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Levítico 18,22. 20,13

Romanos 1,18-32

Namoro Gay

Bluetooth para pegação gay