Mendacium Mille Veritates Corrumpit



Atento aos passos de Silas Malafaia, não pude deixar de perceber algo sutil em sua fala, mas que revela muito de sua personalidade destruidora, aborrecida, abominável. Muito embora, isso aconteça em um momento em que se acredite que ele não mereça mídia; que rebater o que ele diz é dar forças ao mesmo... Eu venho discordando dessa opinião corrente no meio.

A lógica para isso é bastante simples: Malafaia quer o que qualquer outro pastor evangélico quer! Creio que seja, exatamente, por isso, que não fico espantado em ler um texto do pastor Renato Vargens, intitulado: O que eu achei da entrevista do Silas Malafaia a Marília Gabriela, em que na mesma, o Renato, que diz discordar do Silas em muitas coisas, só conseguiu mostrar discordância na questão da TEOLOGIA DA PROSPERIDADE, porque de resto, defendeu-o muito!

Em que pese acusação contrária, Renato Vargens e Silas Malafaia sobrevivem do mesmo metiê: exploração da fé com liderança em igreja local e vendas de artigos religiosos. Os dois querem mídia, aliás, como qualquer outro cura d’almas. Isso tanto é verdade, que Renato Vargens resolveu pegar carona na entrevista do seu compadre, e escreveu uma "carta de resposta para Marília Gabriela", seu intuito despretensioso é apenas a verdade! A verdade das Escrituras... Engraçado, tem tanta gente passando fome, precisando do conforto de Deus e não recebem nada desses líderes, ah sim, eles não têm um programa de televisão!

Não sei por que, mas uma frase me veio à mente: A MENTIRA DESTRÓI MIL VERDADES. E não penso na mentira como algo funcional aqui, e sim como algo essencial!

Os mais piedosos podem até falar em “influência cristã”, aliás, foi exatamente isso que me chamou a atenção no discurso do Malafaia, quando isso ele afirmou para Marília Gabriela: "Eu quero influenciar todos os meios", obvio que o Renato Vargens, de igual forma, quer influenciar, e que pastor que não quer exercer influência?

Pena que esse verbete, influência, signifique: prestígio, ascendência, predomínio, PODER! E onde há o poder não há amor, não há misericórdia (Leonardo Boff), porque ele (o poder) desconhece esses termos; pena que a mentira essencial, que é a alienação do ser, destrua a verdade essencial, que é o próprio ser! Pena que esses são os pastores do rebanho de Deus!

Que Ele tenha compaixão humanidade! 

Comentários

  1. I’m not that much of a online reader to be honest but
    your sites really nice, keep it up! I'll go ahead and bookmark your website to come back in the future. Cheers

    Here is my web page :: read the source

    ResponderExcluir

Postar um comentário

1-Este blog aceita comentários que sejam específicos, ou em diálogo com as postagens correspondentes, conteúdo fora do contexto da mensagem correspondente poderá não ser publicado.

2- São vedados comentários com conteúdo de pregação ou proselitismos de doutrinas específicas de igrejas cristãs, ou qualquer outra religião,salvo quando estes se referirem à crítica de uma postagem principal em concordância ou discordância da mesma, devidamente fundamentados.

3-Conforme art. 5º, IV da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

4-Todo conteúdo dos comentários será avaliado, sendo reservado o direito de não serem publicados, os comentários, caso seus fundamentos sejam ofensivos ou desrespeitem o direito dos homossexuais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Romanos 1,18-32

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil

Namoro Gay

Bluetooth para pegação gay