Exija o PSDB contra a cura gay!


EXIJA O PSDB CONTRA A CURA GAY!


por João Marinho

Não, você não leu errado: os fatos sobre a "cura gay" vão além da briga entre PT e PSDB, não importa de que lado você esteja no espectro político.
 

Primeiro, vamos aos fatos que têm responsabilidade do PT na subida de Marco Feliciano, do fundamentalista PSC, à Comissão de Direitos Humanos.

O PT é parcialmente responsável por isso? É, sim. Desistiu da comissão histórica em favor de "outras mais importantes", e o jogo realizado com a base aliada permitiu ao PSC pleitear a comissão. E ganhar o direito de indicar seu presidente.

Só que tem outro detalhe. PMDB (do Temer e Calheiros), PSDB (do Aécio) e PP (do Maluf) também têm responsabilidade, porque cederam, juntos, cinco vagas para o PSC na comissão depois que o PSC assumiu com a estratégia do PT.

PSB (sim, o partido da Erundina!), o PTB, o PSD, o PR e o PV (do Gabeira) também têm a sua, porque indicaram parlamentares evangélicos para a comissão. Confira: http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,sessao-que-elegeria-pastor-nos-direitos-humanos-e-suspensa-na-camara,1005182,0.htm.

A união desses parlamentares e das cinco vagas permitiu que Feliciano fosse eleito presidente da comissão, após indicação do PSC.

Resumindo: nas próximas eleições, avalie você gay, você lésbica, você travesti, bissexual ou trans, analise com bastante critério os candidatos do PT, PMDB, PSDB, PP, PSB, PTB, PSD e PV porque todos esses partidos nos traíram! Os fundamentalistas PR e PSC, não é nem pra cogitar votar!

Mas e a "cura gay"? Aí, existe responsabilidade do PSDB também. O autor do projeto de "cura gay" é mesmo do PSDB: o deputado-pastor João Campos.

Sim, o PSC do Feliciano é da base aliada e um câncer, cujas responsabilidades acabamos de apurar acima. E o PSC tem sua cota particular de responsabilidade: Feliciano pôs um pastor pra relatar o projeto! E o pôs em votação, agindo também para garantir a aprovação. E a comissão está dominada por evangélicos fundamentalistas agora.

No entanto, a verdade é que, sem projeto, não haveria relator e nem votação em comissão. E o projeto só existe por causa do João Campos do PSDB. Agindo e pressionando, realmente o PSDB poderia fazer o Campos retirar o projeto de pauta.

Então, a pressão é válida, sim, sobre o PSDB - ainda mais tendo um pré-candidato à presidência da República que se declarou a favor da união homoafetiva.

Pressionem o PSDB e não mirem apenas no Feliciano. João Campos é um outro câncer, autor não só da "cura gay", mas também do projeto que permite às igrejas interferirem no Supremo - e está passando "pianinho" nisso.


http://www.psdb.org.br/psdb/fale-conosco/

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas na semana

Romanos 1,18-32

Levítico 18,22. 20,13

Oito motivos para ter uma chuca portátil