VEJA O QUE ROLA POR AQUI!

Nossos destaques:

VEJA O QUE ROLA POR AQUI! VEJA O QUE ROLA POR AQUI!

O amor cristão nos EUA expulsa jovens de casa por serem gays

Cacciati dai genitori migliaia di gay diventano homeless

O amor cristão nos EUA expulsa jovens de casa por serem gays O amor cristão nos EUA expulsa jovens de casa por serem gays

Ser um homem feminino

Salve, salve a alegria, A pureza e a fantasia […]

Ser um homem feminino Ser um homem feminino

DAR A BUNDA

Se dar a bunda... Já era!

Se dar a bunda...Já era! Se dar a bunda...Já era!

Ainda falando sobre promiscuidade

Ainda falando sobre promiscuidade Ainda falando sobre promiscuidade

A culpa é da promiscuidade: um erro conceitual

os gays são promíscuos e quem não ?

 A culpa é da promiscuidade: um erro conceitual
 A culpa é da promiscuidade: um erro conceitual

Carpe Anum // Carpe Culum

Carpe o quê?

Carpe Anum // Carpe Culum Carpe Anum // Carpe Culum

Sessão Pipoca: The Trip

FILME

Sessão Pipoca: The Trip Sessão Pipoca: The Trip

Justiça de BH autoriza casamento homossexual

Carlos Eduardo e Jorge irão formalizar união em abril próximo...

Justiça de BH autoriza casamento homossexual Justiça de BH autoriza casamento homossexual

A culpa é dos gays?

Site atribui responsabilidade aos gays por mulheres estarem solteiras em Campo Grande...

A culpa é dos gays? A culpa é dos gays?

Querem desprestigiar os gays!

O Vaticano lançou uma crítica sobre a matéria publicada nos meios de comunicação...

Querem desprestigiar os gays! Querem desprestigiar os gays!

Uma defesa para Silas Malafáia.

mas não há outra coisa a se fazer aqui, nesse momento, depois de ler em alguns blogs evangélicos

Uma defesa para Silas Malafáia. Uma defesa para Silas Malafáia.

Sessão Pipoca: Mambo Italiano

FILME

Sessão Pipoca: Mambo Italiano Sessão Pipoca: Mambo Italiano

Banho Turco/ Hamam -- Il Bagno Turco- Sessão Pipoca

Esse filme eu descobri por conta do meu professor de italiano, que constantemente...

Banho Turco/ Hamam -- Il Bagno Turco- Sessão Pipoca Banho Turco/ Hamam -- Il Bagno Turco- Sessão Pipoca

Deus ama ao que dá com alegria (II Co 9,7)

sexta-feira, setembro 30, 2011

Diácono de Igreja Evangélica abusa sexualmente de GAROTO



A Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente (Depca) apura uma denúncia de abuso sexual contra um adolescente de 16 anos, que teria sido praticado por um diácono de uma igreja evangélica do Aglomerado da Serra, em Belo Horizonte/MG. A denúncia foi registrada pelo próprio pai do garoto nesta sexta-feira (30).

O pai do garoto contou, no relato aos policiais, que conhecia o religioso, que é também professor de uma escola estadual e animador de festas. Os abusos teriam ocorrido por quatro anos.

De acordo com a Polícia Civil, o diácono, de 47 anos, deve ser ouvido pelo delegado  Felipe Sales nos próximos dias. Ele vai responder pelo processo em liberdade, já que não houve flagrante.

Os familiares do adolescente e o jovem também serão ouvidos.

Fonte: O tempo

Fifa pede cancelamento de Estatuto do Torcedor, do Idoso e Código de Defesa do Consumidor

Fifa pede cancelamento de Estatuto do Torcedor, do Idoso e Código de Defesa do Consumidor, mas Dilma nega




Em entrevista concedida ao Sportv, o Ministro dos Esportes Orlando Silva, afirmou que a Fifa encaminhou um comunicado ao governo brasileiro pedindo a suspensão do Estatuto do Idoso, do Torcedor e o Código de Defesa do Consumidor. Porém as exigências foram negadas pela presidente Dilma Roussef.

“Existe uma decisão do governo brasileiro de não suspender o Estatuto do Idoso. Deve haver um acordo com a Fifa. A divergência existe, mas não é tão grave. Temos confiança de que o diálogo vai encontrar uma saída. Não é questão de soberania, é discussão de diretos sociais. O diálogo do Brasil com a Fifa é melhor do que muitos imaginam”, explicou o ministro.

No entanto, a presidente enviou um projeto que permite ignorar alguns direitos do Estatuto do Torcedor, como por exemplo, indenização em caso de cancelamento ou adiamento do jogo.

Recentemente está sendo discutida a Lei Geral da Copa, onde fala que a entidade maior do futebol terá o direito de cobrar o quanto quiser pelos bilhetes de entrada nos jogos. O projeto ainda está tramitando na Câmara dos Deputados.


A esperança da Fifa era acabar com a meia-entrada de idosos e estudantes, garantidas por lei. 

******

Ou seja, em nome de uma copa do mundo, o Direito Brasileiro, que consagra a função social, os direitos sociais, seriam esquecidos, vilipendiados, jogados praticamente no lixo, usando, quem sabe, da repristinação da norma jurídica, um argumento "válido" para adotarem a LEI DA COPA, e se esquecem que o DIREITO BRASILEIRO adotou a impossibilidade do fenômeno da repristinação! Mas, em nome da especulação econômica, do capitalismo selvagem, e da classe A, do mundo, que explorará nossas riquezas naturais, e encherão os cofres com o suor do nosso povo copeiro, que se dê uma banana para o Direito Nacional, e para o povo dessa nação! 


ISSO É UM ABSURDO VERGONHOSO... 


Fonte: O Tempo

Jogadores de time francês de rugby fazem ensaio sensual














O time profissional de rugby de Paris, o Stade Français, lançou um calendário sensual com seus jogadores e alguns convidados.


Os 14 jogadores do clube e outros 28 convidados aparecem nus por completo em algumas fotos.

Está será a 12ª edição do calendário, que ajudou a popularizar o rugby na França.

Apesar do presidente do Stade Françaisser gay assumido, diz que não tem relação com o calendário de seus jogadores.

O objetivo é arrecadar dinheiro para o clube e divulgar mais o esporte.

CNJ recebe pedido de Marta Suplicy para uniformizar aplicação da regra sobre união homoafetiva




Mesmo com o reconhecimento pelo Supremo Tribunal Federal da união estável entre casais do mesmo sexo como entidade familiar, essa decisão não tem sido seguida de modo uniforme no país.


Por causa desse descompasso, a coordenadora da Frente Parlamentar Mista pela Cidadania LGBT, senadora Marta Suplicy, veio a reivindicar ao Conselho Nacional de Justiça uma norma determinando a uniformização de procedimentos no reconhecimento desse tipo de união em todos os estados.

"No que tange ao reconhecimento da união estável homoafetiva e sua conversão em casamento, muitas são as dificuldades ainda impostas. Falta regulamentação uniforme aplicável à decisão do STF. Magistrados e promotores têm proferido decisões e pareceres contraditórios, o que gera muita insegurança, conflitos de competência do Juízo e necessidade de infindáveis, demorados e injustificáveis recursos a instâncias superiores" lamentou Marta Suplicy.

Fonte: Cena G

Parada do Rio 2011 vai homenagear governador Sérgio Cabral




O governador do RioSérgio Cabral, será o grande homenageado da 16ª edição da Parada do Orgulho LGBT do Rio de Janeiro.


A Parada vai acontecer no dia 9 de outubro, a partir das 13h, na orla de Copacabana.

A homenagem será feita no primeiro trio como forma de lembrar e agradecer a atitude do governador, que por meio de seu pedido conquistou direitos civis para a população LGBT reivindicados há anos.

casamento civil, não só a união estável, é realidade hoje no Brasil graças a Sergio Cabral.

Fonte: Cena G

Parlamento Europeu aprova lei de respeito a gays




Parlamento europeu aprovou umaresolução que defende o respeito dos direitos dos gays, lésbicas, bissexuais etransgênero e argumentou que aOrganização Mundial da Saúde deveria deixar de considerar a homossexualidade como uma doença mental.


"O Parlamento pede para que a OMS tire os transtornos de identidade sexual da sua lista de transtornos mentais e de comportamento", afirmou o texto, aprovado com ampla maioria.

A resolução também indica que países da União Européia devem oferecer asilo aos cidadãos de outros países que forem vítimas de perseguições por causa da suaorientação sexual.

Informações Do Cena G

A vantagem de ter chifres!

video

Rosinha "GAROTINHO" faz pirraça, resiste à cassação e diz que só deixa cargo presa



A ex-prefeita de Campos dos Goytacazes (RJ), Rosinha Matheus (PR), que teve seu mandato cassado anteontem pelo Tribunal Regional Eleitoral, passou a noite acampada na prefeitura e diz que só deixará o cargo presa.

Ex-governadora do Rio, ela foi condenada por suposto abuso de poder econômico e uso indevido de meios de comunicação na campanha na qual se elegeu, em 2008.


No ano passado, ela já passou sete meses fora do cargo pela mesma acusação, mas conseguiu reaver o mandato.

Agora, Rosinha diz que não aceitará que outro ocupe a prefeitura "no tapetão". Ela espera decisão liminar do TRE para que possa se manter no cargo enquanto aguarda o julgamento de recursos. A decisão poderia sair ainda na noite de ontem.

No entanto, o presidente da Câmara Municipal, Nelson Nahim (PR), marcou sua posse para amanhã, às 15h --o vice-prefeito Francisco Arthur Oliveira (PP) também foi cassado pelo TRE.
Marido de Rosinha, o deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ) disse que o número de pessoas que está indo à prefeitura para prestar solidariedade ela "aumenta minuto a minuto".
Segundo ele, o TRE deve conceder a liminar logo, porque a "radicalização que envolve o caso pode levar a situações imprevisíveis".

Na madrugada de ontem, apoiadores de Rosinha fecharam a BR-101, na altura de Campos, para protestar contra a decisão da Justiça.

Fonte: Folha.com

Teatro Mágico lança CD/DVD e faz críticas ao racismo e a homofobia



A banda O Teatro Mágico investe em parcerias musicais no terceiro álbum: sons colaborativos marcam o terceiro trabalho


Fenômeno da internet com 5 milhões de transmissões de músicas dos discos Entrada para raros (2003) e Segundo ato (2008), 6 milhões de downloads e 300 mil álbuns vendidos, o grupo O Teatro Mágico completa oito anos de estrada e lança o último trabalho da trilogia: A sociedade do espetáculo. Com 19 faixas, o disco bebe na fonte de sons nordestinos em Nosso pequeno castelo, passa pela guarania gaúcha na Canção da terra, e chega até a batida do funk carioca de Novo testamento. 

Inspirado no livro do francês Guy Debord, o título já diz, na capa, a que veio: reflexão sobre os tempos modernos. Desenhos lembram ilustres conhecidos, como Nelson Mandela, Fidel Castro, Karl Marx e Chapolin Colorado. “Algumas ilustrações realmente são aquilo que você está vendo, outras são só sugestões. A ideia é justamente essa: confundir. Elas representam a sociedade do espetáculo que, na verdade, somos todos nós”, explica Fernando Anitelli, vocalista e mentor da banda que, mais uma vez, traz composições engajadas.


Na canção Esse mundo não vale o mundo, a letra  “essa hetero intolerância branca te faz refém” critica, no mesmo verso, a homofobia e o racismo. Na música O que se perde quando os olhos piscam (“Pronde vai... a culpa da cópia!? Pronde foi… a versão original!?), a referência é a Creative Commons, licença que flexibiliza os direitos autorais, utilizada pelo O Teatro Mágico. Amanhã…será? fala das revoluções populares e do uso da internet. Quem diz que a revolução está saindo da internet está enganado, ela ainda vem do povo, a rede é só uma ferramenta. A insurreição está em nós e a primavera árabe traduziu isso muito bem” diz Anitelli sobre a terceira faixa do CD.

Parcerias 

“Esse é um álbum que consolida as questões da pluralidade, das parcerias e do colaborativo”, sintetiza Fernando Anitelli sobre as participações especiais em A sociedade do espetáculo. O disco contou com a presença de Sérgio Vaz (Felicidade?), Pedro Munhoz (Canção da terra), Alessandro Kramer (Eu não sei na verdade quem eu sou), Nô Stopa (Folia no quarto), Leoni e do saxofonista da Dave Matthews Band, Jeff Coffin.

“A construção da música que fizemos com o Leoni foi toda virtual. Gravei um pedaço da melodia, ele colocou a letra, troquei umas palavras e a gente mudou o tom. Depois, ele colocou a voz, mixamos e Nas margens de mim estava pronta. Tudo pela internet. Mas hoje, esse comportamento é muito comum. Com o Jeff também foi assim. Ele mandou Transição por e-mail, colocamos no CD e a participação dele estava pronta”, revela o músico. Com os fãs, Anitelli compôs (também pela web) O que se perde quando os olhos piscam.

Além do produtor Daniel Santiago, outras duas crias do cerrado completam a lista dos ecléticos convidados do terceiro disco do grupo paulista: o gaitista Gabriel Grossi (Até quando…) e o baterista Rafael dos Santos, novo integrante da trupe. “Conhecemos Santiago pelo Hamilton de Holanda e, quando chegou a oportunidade de gravar o CD, não pensamos duas vezes em chamá-lo para produzir nosso novo trabalho. Rafael e Grossi também vieram pelo Hamilton e foi ótimo, pois todos são músicos virtuosos que ajudaram a amadurecer nosso trabalho”, finaliza.

Os saltimbancos

» Daniel Santiago (voz)
» Fernando Anitelli (voz)
» Fernando Rosa (baixo)
» Galldino (violino)
» Guilherme Ribeiro (teclado)
» Gustavo Anitelli (voz)
» Ivan Parente (vocal)
» Rafael dos Santos (bateria)
» Silvio de Pieri (flauta e saxofone)

Fonte: UAI

quinta-feira, setembro 29, 2011

Brasil lidera violência e ódio homofóbicos, alerta deputada Erika Kokay




De acordo com a deputada Erika Kokay (PT-DF), dados apresentados no segundo Fórum da Diversidade do Ministério do Planejamento mostram que cresce a progressão da violência homofóbica no Brasil e no mundo, por preconceito e discriminação. O volume de assassinatos alcança números alarmantes e inéditos no país.


“Apenas nos três primeiros meses deste ano foram registrados 65 homicídios contra homossexuais”, informou a deputada, baseando-se no relatório anual do Grupo Gay da Bahia (GGB). Para Erika, o título de campeão mundial de assassinatos é do Brasil e já impõe ao homossexual brasileiro um risco quase nove vezes maior de morte que o do indivíduo norte-americano que tem a mesma orientação sexual.

A Bahia lidera, com folga, o ranking de mortes LGBT: foram 29 em 2010. Alagoas vem em segundo lugar, com 24, e o Rio de Janeiro e São Paulo, com 23 cada.

Fonte: Cena G

O sonho do pastor Marco Feliciano: SER PRESIDENTE DO BRASIL!

Pastor Marco Feliciano afirma que quer ser Presidente do Brasil



O Pastor e Deputado Federal Marco Feliciano, afirmou durante a Expocristã que sonha ser Presidente da República. Feliciano, que obteve mais de 211 mil votos nas eleições para deputado, é líder do Ministério Tempo de Avivamento e conhecido por suas extravagâncias.
Durante sua campanha para deputado, o Pastor conquistou votos dos evangélicos pentecostais propondo a defesa dos valores cristãos para a sociedade. Após a eleição, chegou a afirmar que não teme ser corrompido pela política. “A corrupção está aliada ao caráter. Uns são corrompíveis, outros não. Medo? Não, posso ter medo daquilo que nunca aceitei, não aceito hoje e não aceitarei amanhã. Vigilância sempre!”, afirmou Feliciano.
O Pastor e Deputado, que também é cantor, se apresentou na Expocristã no Grande Auditório e discursou para os presentes, quando revelou seu maior sonho na política: “quero ser presidente do Brasil. A gente sonha em chegar lá e vamos trabalhar pra isso. Para fazer desse país uma nação mais justa e não envergonhar o nome de Jesus Cristo”.

**********
Deus me livre, ou melhor, nos livre. O sonho do Marco Feliciano é o pesadelo infeliz da sociedade. Fora os gastos públicos que ele teria com o laque, para pentear suas madeixas, CADÊ A POLÍCIA FEDERAL, CADÊ O MINISTÉRIO PÚBLICO, CADÊ JESUS? 

Relacionamento aberto: psicanalistas divergem


Perdas e ganhos dos casamentos abertos

União mais honesta ou imaturidade? As opiniões de Regina Navarro Lins e Flávio Gikovate sobre o poliamor

Ricardo Donisete, especial para o iG São Paulo



Com uma admirada relação de 18 anos com a atriz Julia Lemmertz, o global Alexandre Borges, de 45 anos, causou polêmica em entrevista recente ao declarar que o casamento aberto pode ser sim uma opção de relacionamento. Para a psicanalista e escritora Regina Navarro Lins, relações que abrem mão da exclusividade sexual são tendência para o futuro. Mas qual futuro é esse? “Não é possível fazer uma previsão precisa, em 10, 20 ou 30 anos”.

Na opinião de Regina, os modelos tradicionais de relacionamento não estão dando conta de atender as necessidades de grande parte da população. “O número de pessoas infelizes, insatisfeitas e frustradas no casamento é imenso. Por quê? Porque nós vivemos sobre o mito do amor romântico, que prega várias mentiras: que as pessoas vão se transformar numa só, que nada mais vai lhe faltar, que o amado vai te completar em tudo, que quem ama só tem desejo pelo amado, não tem desejo por mais ninguém. É calcado na idealização”, analisa a psicanalista. Flávio Gikovate, psicoterapeuta e autor de vários livros, entre eles “Uma história do amor... Com final feliz” (MG Editores), discorda da ideia de que o casamento aberto possa ser cada vez mais comum. “Em minha experiência clínica e numa visão realista, não vejo os casais buscando esse tipo de contexto. A infidelidade exclusivamente sexual continua não sendo interessante para a maioria das mulheres, de modo que muitas acabam se envolvendo sentimentalmente. O envolvimento sentimental fora do casamento é sempre problemático e com frequência acaba sendo causa de separação”, aponta ele. “O casamento aberto é uma tentativa de conciliar o aconchego romântico com a liberdade das pessoas solteiras, e isso não creio que venha a funcionar. Não creio sequer que venha a ser ansiado pelas pessoas mais vividas e maduras”, completa. 


A ideia do casamento aberto floresceu de maneira mais evidente nos anos 60 e 70, como uma das inúmeras consequências do surgimento da pílula anticoncepcional. “A ideia era dar liberdade sexual especialmente para as mulheres e para quem já estava casado e não havia tido experiências sexuais com outros parceiros antes do casamento, que acontecia muito mais cedo e com as moças inexperientes”, explica Gikovate.

Na época, ficaram famosas as chamadas “Festa das Chaves”, bem representadas no filme “Tempestade de Gelo” (1997), estrelado por Kevin Kline e Sigourney Weaver. Nessas ocasiões, os casais colocavam as chaves dos seus carros em um pote. No final da noite, as mulheres pegavam um chaveiro qualquer no recipiente e passavam a noite com o dono dele, que obviamente não poderia ser o seu marido. 

Apesar de aberto, o casamento que permite relações extraconjugais também tem regras. “Toda relação é regida por códigos, que podem ser verbalizados ou não. As pessoas combinam o que elas querem pra vida delas. Algumas pessoas exigem que o outro conte. Eu acho uma bobagem, você tem que ter um espaço só seu, que o outro não entra. Eu já vi casais que dizem: ‘você só pode transar uma vez com cada pessoa’”, conta Regina. “Às vezes não precisa dizer ‘não gosto disso ou daquilo’, basta um comentário sobre um filme que você viu, o jeito que você conta, o sorriso que você dá. O outro vai percebendo o que você espera da relação e o que não espera”, prossegue a psicanalista. 

“A regra é que não pode haver envolvimento emocional. Isso é curioso, pois não é coisa que se decide”, comenta Gikovate, jogando “água fria” na ideia do poliamor. “A monogamia não é natural e isso parece impressionar muito algumas pessoas. Acontece que quase tudo o que fazemos é antinatural: aprender a não urinar na cama durante a noite, respeitar as regras básicas de etiqueta”, continua o psicoterapeuta. “Outro aspecto é a dificuldade atual de homens e mulheres de aceitarem limitações ao pleno exercício de seus desejos, coisa própria de uma cultura que não valoriza esforços e sacrifícios e está sempre muito voltada para o prazer – como se todos tivéssemos nos transformado em crianças mimadas que não podem ser frustradas ou contrariadas”, finaliza. 

Na defesa das relações múltiplas, Regina diz que as pessoas só precisam responder a duas questões quando estão numa relação. “As pessoas não têm que se preocupar se o seu parceiro transa ou não transa com alguém. Homens e mulheres só deviam responder: Me sinto amado? Me sinto desejado? Se a resposta for sim para as duas, o que outro faz quando não está comigo não me diz respeito, não é da minha conta. Se as pessoas entendessem isso, iam viver muito melhor”, sentencia.





quarta-feira, setembro 28, 2011

Jogador de futebol do Milan é visto em nova situação de carícias com outro jogador



Após carícias com Piqué, Ibrahimovic afaga rosto de Abate em treino do Milan

Após carícias com Piqué, Ibrahimovic se delicia com Abate em treino do Milan Foto: Reprodução / Site da Ansa

Um ano meio após protagonizar cenas de carícias com o zagueiro Gerard Piqué, na época seu companheiro no Barcelona, o atacante Zlatan Ibrahimovic voltou a ser flagrado em poses e numa situação polêmica. Durante um treino do Milan, seu atual time, o sueco mostrou todo entrosamento com o também zagueiro Ignazio Abate.
Ibrahimovic foi pego fazendo carícias no rosto de Abate, após ambos se separarem dos demais companheiros no coletivo que aconteceu na terça--feira, em Milão. A imagem repercutiu tão fortemente na Itália e já roda as redes sociais com o título “Ibrahimovic traiu Piqué com Abate”.
O jornal italiano ‘Corriere della Sera” afirmou que “o gesto pode ser interpretado como homossexual, mas o fato é que é semelhante ao que aconteceu com Piqué, no estacionamento do CT do Barcelona”
Em maio 2010, o atacante e o zagueiro Piqué foram clicados, de mãos dadas, ao lado de um carro, após saírem de um treino do Barça. A foto já correu o mundo inteiro e, lá na Espanha, tem causado muita polêmica e piadas de mau gosto sobre a sexualidade dos jogadores, que ainda não se pronunciaram, confirmando ou não o entrelace das mãos.

Fonte: Globo.com


Casal EVANGÉLICO GAROTINHO é condenado na Justiça Eleitoral por abuso de poder político


Atual prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, teve o mandato cassado. Ela e o marido Anthony Garotinho ficam três anos inelegíveis


A juíza da 100ª Zona Eleitoral de Campos, no Norte Fluminense, Gracia Cristina Moreira do Rosário, determinou nesta quarta-feira (28) a cassação dos diplomas da prefeita da cidade e ex-governadora do Rio, Rosinha Garotinho e do vice Francisco Arthur de Souza Oliveira. Com a decisão, eles ficarão inelegíveis por três anos a contar do pleito de 2008
Também condenados no processo por abuso de poder econômico em razão de uso indevido de veículo de comunicação social, o deputado federal, ex-governador e marido de Rosinha, Anthony Garotinho (PR), e os radialistas Fábio Paes, Linda Mara Silva e Patrícia Cordeiro ficam inelegíveis.
A sentença deve ser publicada amanhã (29) quando começa a contar os três dias de prazo para recurso ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE).
A Ação de Investigação Judicial Eleitoral foi ajuizada pela Coligação "Coração de Campos" e pelo então adversário de Rosinha Garotinho na disputa à Prefeitura, Arnaldo França Vianna.
A juíza Gracia Cristina Moreira entendeu haver provas de que a prefeita e o vice eleitos haviam sido beneficiados por propaganda eleitoral irregular veiculada em meio de comunicação do grupo O Diário. Os radialistas teriam utilizado o espaço concedido por meio dos programas em que atuam ou são dirigidos por Anthony Garotinho para promover a candidatura de Rosinha.
A Câmara de Vereadores de Campos dos Goytacazes já foi comunicada, por ofício, sobre o teor da decisão que cassa a prefeita Rosinha Garotinho. Como as irregularidades ocorreram antes da aprovação da Lei Complementar 135/10, a lei do "ficha limpa", a juíza Gracia Cristina Moreira aplicou o prazo de 3 anos de inelegibilidade, previsto no artigo 22, inciso XIV, da Lei Complementar 64/90.
Em seu blog, Anthony Garotinho informou que houve uma armação para tirar Rosinha da Prefeitura e que não tem dúvidas de que, em 48 horas, a situação será revertida. Ele publicou ainda na página fotos de uma manifestação que está sendo feita na cidade esta tarde em prol de Rosinha.
Fonte: IG

Telespectadores reconhecem ator pornô gay no programa da Eliana




O programa “Eliana”, exibido no últimodomingo (25), passou por uma saia justa após a apresentação do quadro “Segredos Revelados”, onde um homem é disputado por três mulheres, que contam alguns segredos em rede nacional.


O participante Alexandro Rocha, que se apresentou como personal trainer, foi reconhecido pelos telespectadores como sendo o ator pornô gay Marcelo Cabral.

Após receber diversas reclamações, a diretora da atração, Leonor Correa, falou que desconhecia o passado do participante, que durante a inscrição teria dito para a produção que queria casar novamente e ter mais um filho.

Como em todos os programas de TV, os participantes se inscrevem por livre e espontânea vontade e como maiores de idade, são responsáveis pelo que dizem e assinam. Esse participante foi encontrado numa academia de ginástica e convidado a vir ao SBT para uma pré-entrevista em junho de 2011”, defendeu a diretora.

Na ficha de inscrição que assina e nos documentos que foram apresentados, seu nome real é Alexandro Saldanha Rocha, como divulgamos. Em nenhum momento na entrevista gravada ou na ficha escrita e assinada por ele, o rapaz informou que fez filmes pornôs ou que tenha outra orientação sexual que não a hétero”, finalizou.

Fonte: Cena G

STF condena concessionária de veículos por discriminação sexual






Supremo Tribunal Federal condenou a concessionária Saga Pantanal Comércio de Veículos Ltda, em Cuiabá, no Mato Grosso, a pagar uma indenização, pordanos morais, no valor de R$ 15 mil ao empresário Menotti Reiners Griggi.


A empresa foi condenada após ter vetado a participação de Menotti em um comercial, pelo fato de ele ser homossexual.

A ação foi movida em 2008 e no processo, consta que Menotti foi convidado para fazer o comercial pela equipe de produção. Mas, após a empresa saber de sua orientação sexual, ele foi vetado.

Para Menotti, a condenação deve ser amplamente divulgada para que outras pessoas que passaram pela mesma situação tomem como exemplo e busquem seus direitos.

Fonte: Cena G

Entidades religiosas na Escócia são a favor do casamento gay




Uma aliança de grupos religiososanunciou apoio ao casamento gay naEscócia. Essa aliança é composta por judeus liberais, a Igreja da Comunidade Metropolitana, Quakers, Unitaristas e aFederação Pagã.


Os líderes da Igreja Católica já se declararam contrários a legalização do casamento gay e disseram ao governo atual que irão perder o apoio de mais de 800 mil católicos.

Fonte: Cena G

Mais uma agressão, mais uma vítima


"O que era para ter sido dirversão foi motivo de dor e vergonha".

por Thaís Carapiá

Esse foi o desabafo de Jean Batista, agredido na madrugada desse domingo, dia 25 de setembro, na Blue Space, por seguranças da casa noturna GLS, situada no da Barra Funda, em São Paulo.

Na balada, Jean estava acompanhado por dois amigos, namorados, que acabaram se desentendendo. Os três estavam dançando na pista, quando Jean chamou um deles para uma área que não tivesse tanto barulho para conversarem. No caminho, recebeu uma “gravata” no pescoço e foi “arrastado” para uma sala reservada.

Na sala, havia outro segurança, o qual perguntou a Jean se ele estava portando sua comanda. Nesse momento, Jean percebeu que sua comanda já não estava mais em seu bolso e foi segurado por um segurança e agredido por outro, porque, segundo eles, o cliente estava mentindo por não querer pagar a conta.

Até aquele momento, Jean não havia consumido nada e em sua comanda constava apenas o valor da entrada, 20 reais.

Durante a agressão, Jean perguntou ao segurança o motivo pelo qual estava sendo agredido, ao que o segurança respondeu que ele “já estava dando trabalho” a eles “há algum tempo” e já estava “de saco cheio”.

Jean contou à redação do site SexBoys que era frequentador da casa, mas nunca havia se indisposto com ninguém de lá, garante ele que diz ter testemunhas quanto a isso, amigos que fez na própria Blue Space.

O cliente pediu ao segurança que o agredia para que o deixasse sair, ao que este respondeu que só o liberaria depois que a conta fosse paga, que no caso seria de 100 reais, já que ele havia perdido sua comanda. Assim, Jean pediu para que anunciassem o nome de um de seus amigos, para que ele viesse até ele. Os seguranças o fizeram, e seu amigo chegou falando aos seguranças que soltassem Jean porque ele não havia feito nada de errado e, portanto, não havia motivo para agredirem-no daquela maneira.

Um dos seguranças respondeu ao amigo de Jean que ele só seria liberado depois que fossem pagos os 100 reais correspondentes à comanda perdida.

Então, o amigo foi até o caixa e pagou o valor de 100 reais. Depois disso, Jean foi “jogado” para fora da balada, onde havia outro segurança que começou a chuta-lo, acertando-lhe o tórax e a perna, a qual foi fraturada. O cliente, então, pediu ao segurança que parasse de agredi-lo, que ele iria embora. O segurança repetiu o que outro havia falado, que Jean estava “dando trabalho” a eles, e que naquele dia, não faria nada, porque a vítima estaria com sorte, mas, caso ele voltasse à casa noturna, não sairia de lá vivo.

A uma certa distância da porta da casa noturna, Jean começou a sentir fortes dores no pé, fazendo com que ele não conseguisse continuar andando. Arrastou-se até o Hospital Santa Cecília, onde foi atendido por um médico de plantão, que o medicou e constatou, por meio de raio-x, que ele havia sofrido um trauma na perna esquerda, que precisou ser imobilizada.

Como Jean estava com muitos hematomas pelo corpo, o médico sugeriu a ele que fosse a uma delegacia e registrasse um Boletim de Ocorrência (B.O.). Ele foi levado por amigos até o Departamento Policial 77, onde registrou a ocorrência. O delegado disse a ele que não era a primeira denúncia de agressão por seguranças, e de fato não é mesmo.

Em notícia divulgada pelo G1 (http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/09/segurancas-de-casa-noturna-agridem-jovens-em-sp.html), seguranças de uma casa noturna no Itaim Bibi são suspeitos de agredirem um grupo de seis estudantes.

A redação entrou em contato com a Blue Space, no entanto não obteve sucesso.

Mais detalhes: http://www.facebook.com/photo.php?fbid=292842530731955&set=a.147814241901452.29366.100000186310148&type=1&theater"
Crédito da imagem: Reprodução


Publicado em 28/09/2011. 
 
 

terça-feira, setembro 27, 2011

STF abre processo contra o pastor e deputado Hidekazu Takayama por desvio de dinheiro


Ele teria contratado pessoas que o serviam em sua empresa e também na igreja, mas recebiam salário da AL do Paraná
STF abre processo contra o pastor e deputado Hidekazu Takayama por desvio de dinheiro
O pastor e deputado  federal Hidekazu Takayama  (PSC-PR) está sendo acusado por desviar verbas públicas para proveito próprio, o Supremo Tribunal l Federal (STF) recebeu, por votação unânime, a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) referente ao período que ele cumpria a função de deputado estadual no Paraná.
Na denúncia do MPF, Hidekazu Takayama é acusado do crime de peculato, previsto no artigo 312 do Código Penal, por 12 vezes. Ele teria desviado valores públicos em proveito próprio entre 1999 e 2003. O parlamentar teria promovido a nomeação de 12 funcionários para ocupar cargos em comissão no seu gabinete, na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná. Essas pessoas, no entanto, teriam atuado na prestação de serviços particulares.
A defesa sustenta a tese de que não estariam presentes os requisitos necessários para o recebimento da denúncia, pelo fato de a peça de acusação não ter exposto cada fato criminoso. “Não há prova da maioria dos fatos narrados, não há qualquer prova de desvio de recursos públicos”.  O texto da defesa alegou, ainda, que a denúncia não possui “a necessária descrição da forma como ocorreu o desvio de valores públicos, contendo omissões e incongruências”.
Em seu voto, o relator, ministro Dias Toffoli, informou que constam no inquérito depoimentos prestados pelos servidores nomeados, em que eles afirmavam trabalhar para o deputado, “seja na sua agência de vídeo, seja na qualidade de pastor”. Os funcionários informavam que, inicialmente, recebiam diretamente do parlamentar e que, posteriormente, foi aberta uma conta-corrente vinculada a um cargo em comissão da Assembleia Legislativa paranaense.
Dias Toffoli esclareceu que, além das informações obtidas pela Assembleia, o inquérito foi instaurado com base “em representação criminal e em outras peças informativas encaminhadas pela Primeira Vara Federal Criminal de Curitiba”. Agora o deputado federal passou a figurar como réu em ação penal, na qual ele poderá exercer seu direito ao contraditório e à ampla defesa.

Jabes de Alencar anuncia que fará campanha contra Marta Suplicy caso ela se candidate a prefeitura de SP


Ainda não é certo os nomes dos candidatos a prefeitura da cidade de São Paulo, mas se a senadora Marta Suplicy pleitear o cargo terá que enfrentar a campanha contrária que o pastor Jabes de Alencar irá organizar. O líder da Assembleia de Deusdo Bom Retiro, uma das maiores da capital, diz que seus motivos são pessoais e envolve a má administração pública e o apoio dado pela senadora a criação da PL 122.
“È uma medida pessoal. Marta já esteve na prefeitura e não fez uma boa gestão. Sem contar que ela já mostrou que não tem simpatia dos evangélicos. Foi uma das maiores defensoras do PL 122/06. Não faço campanha para ninguém, mas se ela for candidata peço voto contra”, disse o pastor durante aExpoCristã 2011.
Em recentes pesquisas a petista aparece com 15% da preferência dos paulistanos, mas apesar disto, o PT planeja  nomear o ministro da Educação, Fernando Haddad, para o cargo. Assim como Marta, Haddad deve enfrentar o desafeto dos evangélicos e grupos conservadores já que ele foi um dos grandes defensores da distribuição do Kit anti-homofobia que seriam distribuídos nas escolas públicas de todo país.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...