Postagens

Mostrando postagens de 2004
Imagem
Fundador do MOSES reconhece farsa dos programas de "cura"


Um dos fundadores do mais conhecido grupo evangélico que prega a "cura" dos homossexuais acaba de confirmar a farsa deste tipo de iniciaitiva. Sergio Viula, em entrevista à revista Época, finalmente se assume como gay e reconhece a mentira envolta no MOSES (Movimento pela Sexualidade Sadia).

Viula mostrou como funciona o tratamento do MOSES: "O discurso do Moses é homofóbico e cruel: ''Jesus te ama, nós também, mas você precisa deixar de ser gay''. O homossexual continua sentindo desejo, mas com um pé no prazer e o outro na dor, com sentimento de culpa, medo, auto-rejeição. Criávamos uma paranóia na cabeça deles".

O ex-integrante do MOSES falou também sobre a hipocrisia dentro do próprio grupo: "A gota d'água foi quando um rapaz soropositivo, que chegou a ser da diretoria do Moses, morreu. Ele havia se envolvido sexualmente com dois integrantes do grupo. Um deles estava tão …
SENHORA DO DESTINO

Para quem não viu a cena do casal de lésbicas da novela Senhora do Destino, estou enviando um link para que você possa acompanhar na íntegra a gravação e ver mais um passo que a televisão brasileira está consquistando ao mostrar em horário nobre um relacionamento com pares do mesmo sexo.

Mas... infelizmente tenho de comentar que algumas partes desta cena foram cortadas. Na cena que foi ao ar na sexta-feira (26/11), não teve beijo e as duas não tomaram banho juntas..... Será o porque?

Bom, mas acredito que a forma "natural" como vem sido tratada a questão da homossexualidade feminina, tem sido, de certa forma, importante para a quebra de preconceito que existe entre as massas. Pena que o autor Aguinaldo Silva esteja caminhando a passos de tartaruga na abordagem desta temática, avançar mais na cena de personagens gays e mostrar um beijo de verdade (de língua) entre o casal de lésbicas Jenifer e Eleonora, é um desejo de todos nós.

Bjs!
Wallace
http://www.e-jo…
DIALOGANDOWilliam,

Você se expressou muito bem em suas colocações, em tudo. Ao passo que venho garantindo, que também, penso como você estas questões. Entretanto, à prática cotidiana é mais complicada do que se apresenta, bem mais! Os fatores históricos e sociais, e, até mesmo, psicológicos são envolvidos em um teatro, representativo, de um show de horrores. E é por isso, que temos a necessidade de uma linha condutora que seja nossa. É por isso, que a teologia gay necessita, urgentemente, de um paradigma construído a partir de sua realidade, não contrário ao seu sitz im leben, mas que venha santificá-lo como nossa expressão.

Nesse diálogo, que faço com você, com muito gosto e respeito, gostaria de entrar um pouquinho na realidade Evangélica do Brasil. Veja,você advoga sobre o espírito livre, a busca da aceitação comum: a multiculturalidade convivendo no espaço criativo comum, o respeito entre o humano, do sujeito em si nas humanidades. E concordo com isso, mas a experiência que tenho n…
Renato,

Transcorrendo os olhos em suas colocações a cerca de um axioma, muito refleti e identifiquei como seus, também, particularidades que considerava só minhas: liberdade e punição de Deus não devem ser associadas a julgos de conduta balizados pela Bíblia (palavra Dele que foi por falhos homens transcrita).

Julgar, balizar, criticar, sempre foi inerente ao ser humano (e nisto, estamos nós: os gays), principalmente no que concebemos como "diferente" à nossa concepção de individualidade. No contexto em que me encontro (namoro um gay evangélico) muito aprendi (minha formação religiosa nunca foi em templos, mas sim com Ele diretamente) e tanto mais me indignei, visto que em todo meio, seja ele inclusivo ou não, a segregação pela diferença, gera a esfera sub da marginalidade que nos impõem os que se consideram "normais".

Existe segmentação onde deveria existir consenso. Todos independente do caminho percorrido até aqui, queremos direitos (não necessariamente aceitação…
por Maria Berenice Dias

A candidatura da deputada estadual Maria Eulina à prefeitura de Vizeu (PA), foi derrubada porque sua companheira, Astride Cunha está no cargo há dois mandatos. O Tribunal Superior Eleitoral decidiu que, assim como no casamento heterossexual, nas relações homossexuais há forte laço afetivo, capaz de unir pessoas em torno de interesses políticos comuns. Portanto, os sujeitos de uma relação homossexual devem se submeter à regra de inelegibilidade prevista na Constituição Federal. Mais uma obrigação! E como ficam os nossos direitos? Leia a seguir opinião da Desembargadora Maria Berenice:

Sim, uniões homossexuais existem! Essa afirmativa vem sendo repetida com tanta freqüência pela justiça gaúcha, que já nem merece espaço nos meios de comunicação. De forma pioneira o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul identifica as uniões entre pessoas do mesmo sexo como entidade familiar e lhes garante tutela jurídica. Às parcerias homossexuais se aplicam as regras do Direito …
Minha adolescência foi marcada pelos livros e, me apaixonei por eles, pelas histórias e estórias que vivi, nas páginas em que mergulhei meu tempo e minha razão. Eram bons tempos aqueles; tempos de descobertas, tempos de fanatismos, tempos de ideologias. Eram tempos de revoltas pessoais, de crises existenciais; tempos em que reivindicava a cura, que me afastava do mundo, ao passo que mergulhava na literatura.

Como bom mineiro conheci, ainda nessa fase, a obra de Fernando Sabino. E, posso dizer que me apaixonei por uma específica: O encontro marcado. Foi um livro que me apresentou Belo Horizonte, não, por não conhecê-la, mas por me fazer identificar toda a minha trajetória nas páginas, ali, contidas: a praça da Liberdade, o viaduto de Santa Tereza, o colégio Afonso Pena, o Minas Tênis Clube, o parque Municipal etc. Tudo isso, me dava uma razão, tudo isso, me apontava um sentido: o sentido de não ter um sentido ! uma frase inquietante, amaldiçoada por mim, pois abraçava a heresia, mas ho…
AXIOMA, UMA TENTATIVA DE RESPOSTA AO WALLACE

Wallace,

Lendo sua pergunta no comments fiquei entusiasmado a te responder. Entretanto, quando pensei, melhor, no que ia escrever como resposta, vi que não poderia fazê-lo, por uma questão simples, não tenho um axioma!

Penso que ele tenha que ser construído. Contudo, posso apontar um caminho à construção, apresentar uma idéia a ser refletida por todos nós. A minha proposta é olhar a nossa realidade, sem santificá-la em um modelo já existente, ou bestificá-la, mas olhar o que ela é de fato, ou o que ela representa para nós: em um primeiro momento, para nós como um todo; e em um segundo momento, para nós enquanto expressão individual, sujeito.

Deixe-me tentar explicar melhor: quando ocorreu a parada gay desse ano em São Paulo, na lista, surgiram vários comentários depreciativos, igualando a parada com o carnal! Imagino que as pessoas que seguiram nessa perspectiva, não o fizeram por pensar que a parada poderia ser uma arma de denúncia a serviç…

Na busca de um axioma

Minha conversa, hoje, com vocês é da necessidade de uma sentença inegável, lógica, irrefutável, translúcida, para a teologia, dita, "gay". Vez ou outra, nos esbarramos aprisionados em velhos dogmas, que trazemos como apelo cultural para nosso círculo, mas, que entanto, nega ou contradiz o nosso apelo, a nossa luta. Tenho observado isso no grupo do qual faço parte. Muitas vezes, as considerações dos participantes, ainda, que declarados homossexuais vêm carregadas de tabus, misticismos e crendices comum dos grupos ortodoxos.

Isso ocorre pelo fato curioso, mas real em nosso meio; a falta de um paradigma, de uma sentença, que nos seja central e verdadeira. A busca de conformidade bíblica à nossa teologia tem ocupado a mente dos nossos pensadores. Entretanto, a conformidade bíblica a qual procuram, se estabelece sobre a ideologia da família, do projeto de Deus e da santidade, que já traz em si mesma, o preconceito às minorias e, nos é excludente.

Não necessitamos de um código Pauli…
TUDO É MAIS DIFÍCIL PARA OS HOMOSSEXUAIS?

Esta é uma pergunta, quase que, com resposta unânime, visto que somos compelidos ou negligenciados à marginalidade pela sociedade na qual estamos inseridos, porém tal situação é pior por nós mesmos nos considerarmos inferiores e até ?merecedores? de tal status.

Desde cedo, descobrimo ? nos como diferentes, ?anormais? e isto para muitos é a pior das aceitações, já que ?nunca? seremos aceitos e consequentemente, felizes. Aprendemos que ser homossexual é tão igual ou pior a ser um marginal (ladrão, assassino, etc.). Com todos estes julgos de valor inseridos em nossa mente desde cedo, essa aceitação torna-se tão traumática que poucos passam por ela sem feridas e marcas para toda a vida

Quando nos aceitamos e imaginamos que agora temos ?orgulho? do que somos ou pelo menos a vergonha deixou de existir, mais uma vez nos deparamos com conceitos que ainda acreditamos não ser para nós: lar, casamento, família...amor. Tudo isto por que continuam internali…
MEDITAÇÃO NA PALAVRA
Abraçando a comunidade GLBT

Entre 4 Paredes (Espirituais)
"Se eu quero que ele permaneça até que eu venha, que te importa?" ( Jo. 21: 23c)

Penso que todas as pessoas que conheço, salvo, talvez, raríssimas exceções, querem ser bem tratadas, mas há uma boa fatia da população que acha que merece ser tratada de uma forma melhor do que as outras pessoas e, literalmente, se sente lesada com a alegria alheia. Este sentimento dipara quando observa os outros conquistando empregos mais bem remunerados, passando em concursos públicos cobiçados, adquirindo um imóvel ou veículo melhor, ou ainda, pasmem, quando se incomoda pelo fato de que outros possam estar desfrutando e mantendo um relacionamento afetivo, sadio e estável. Se este relacionamento for homossexual então, nem se fala!

A amargura de uma vida de inveja do sucesso de outrem, abre brecha profunda na alma das pessoas, afastando-as do verdadeiro propósito de Deus para suas vidas: Amar a Deus sobre todas as coisas…
"Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus." Rm 12:2 A sociedade se corrompeu. A falta de sensibilidade e de sentimentos humanos dignos nos abandonou há tempos. Crimes, aberrações e desvios de conduta desfilam na passarela da mídia. O que é errado parece ser o correto e os culpados não são punidos.
Situações contraditórias, ser humano falido. Excesso de violência nos bombardeiam diariamente. Explorações, escândalos e sensacionalismos movem a nossa sociedade. O valor da vida não pode se esvair na frieza formal de uma sociedade corrupta e preconceituosa à beira do abismo.
A generosidade, a coragem para mudar e o amor ao próximo, que distinguem as almas nobres, tem sido o estopim de uma reação. Um basta! Não podemos nos conformar com as coisas deste mundo!
Devemos pedir à Deus para termos coração e sensibilidade diante do só…
A CULPA TODA É DA IGREJA

O novo glossário preparado pelo Conselho Pontifício do Vaticano diz que a homossexualidade tem origem num conflito psicológico não resolvido. E aqueles que querem dar aos homossexuais os mesmos direitos legais na sociedade negam um problema psicológico que volta a homossexualidade contra o tecido social. O sofrimento psíquico imposto pela cultura judaico-cristã à milhares de pessoas através da sua forma de educar, interferiu na cultura de vários povos, educação essa que já fazia com que até os canhotos se sentissem culpados de terem nascidos e queimados na fogueira para o bem da alma deles, deixando dúvidas nos filhos dos índios, nos filhos dos negros, na cabeças das meninas, diminuindo sua auto-estima e criando o auto-preconceito onde o pobre não aceita o pobre; onde o próprio negro não se aceita e que ficar longe de "preto", onde a mulher tem mentalidade machista e se utiliza de piadas formuladas para rirem das outras. Quando verificamos na sociedade…
Boas...

Ao ler as palavras do Luiz Mott, resolvi transcrever e traduzir do inglês o resumo de um livro que se chama: O que a Bíblia realmente diz acerca da homossexualidade:
"A apróximação literal da Bíblia diz que não devemos interpretar a Bíblia, mas apenas tomar como certo aquilo que está escrito e como está escrito. As palavras da Bíblia nas traduções mais recentes são traduzidas para dizer o que elas dizem para o leitor de hoje. Nesta base, a Bíblia condena a homossexualidade em vários lugares.
Mas uma apoximação histórica, procula ler a Bíblia no seu contexto hitórico e cultural. Esta interpretação procura levar a interpretação da Bíblia ao seu verdadeiro sentido, procurando averiguar o que é que os autores originais quereriam dizer no seu tempo e à sua própria maneira. Entendendo os seus próprios termos, a Bíblia não foi escrita falando das nossas questões de ética sexual. A Bíblia não condena sexo gay como nós o entendemos hoje.
O pecado se Sodoma foi a falta de hospitalid…
A Bíblia não diz que devemos amar a todos?
Ha! A Bíblia! Para dizer a verdade, ela diz uma porção de coisas; mas ninguém nunca pensa em coloca-las em pratica. (Harriet Beecher Stowe, em A Cabana do Pai Tomas)
Felizmente podemos ouvir falar de Deus, de seu filho Jesus, de suas glórias e de sua vitória na Cruz para nos salvar. Porém, infelizmente, o homem com sua mente faz o que quer em relação às interpretações bíblicas. Não vou aqui explicar que ser homossexual não é um pecado, acho que todos aqui tem já isso resolvido. Porém, podemos dar alguns exemplos de amor e de graça que Deus tem para um homossexual.
Jesus tinha o poder de amar prostitutas, homossexuais, heterossexuais, enfim toda a humanidade... Ele foi capaz disso apenas porque via através do pecado e da degeneração; seus olhos captavam a origem divina que estava oculta por toda parte e em cada homem! Primeiro, e principalmente, Ele nos dá novos olhos...
Quando Jesus amava uma pessoa qualquer, carregada de culpa, seja ele qual foss…
Imagem
OS BISPOS BRASILEIROS E A QUESTÃO HOMOSSEXUAL
Luiz Mott, ex-Dominicano e fundador do Grupo Gay da Bahia


Durante quase três séculos, os Bispos do Brasil deixaram os homossexuais em paz. Quem perseguia os "sodomitas" era a Inquisição, que enviou para os cárceres do Santo Ofício de Lisboa duas dezenas de "fanchonos". Embora as Constituições do Arcebispado da Bahia, de 1707, considerassem a sodomia "o mais sujo, torpe e desonesto pecado, e por sua causa Deus envia à terra inundações, terremotos e pestes", só há notícia de um homossexual degredado para a África por ordem do Bispo de Salvador. Numa época em que a Igreja tinha poder de queimar na fogueira, nenhum gay brasileiro foi condenado à morte.

Mesmo durante o pontificado de Pio XII (1939-1958), época de grande moralismo e sexofobia, quando a Igreja chegou a estabelecer a altura máxima da bainha das saias das mulheres católicas, nenhum de nossos grandes príncipes da Igreja, D.Sebastião Leme, o Cardeal da Sil…
Imagem
"Misericórdia quero e não holocausto" Mt. 12:7

Jesus registra nesta passagem do livro de Mateus um desejo que nasceu no coração do Pai: mostrar que práticas pagãs, como a hipocrisia religiosa e injustiça, estão erradas e tendem a manipular as pessoas quando usadas em nome de Deus. Podemos constatar isso através da demonstração feita por Jesus ao comer com pecadores (Mt. 9.10-12), juntamente com seus discípulos e republicanos. Automaticamente o Cristo, que não faz acepção de pessoas, foi questionado pelos fariseus:

"Por que come o vosso Mestre com publicanos e pecadores?" Mt. 9:11bJesus , porém, ouvindo isso, respondeu:
"Não necessitam de médico os sãos, mas sim os enfermos. Ide, pois, e aprendei o
que significa: Misericórdia quero, e não sacrifícios. Porque eu não vim chamar
justos, mas pecadores".
Nos nossos dias, não precisamos correr muito para nos depararmos com os escribas e fariseus - aqueles que segundo Jesus "dizem e não fazem". Aqueles qu…
MEDITAÇÃO NA PALAVRA

Abraçando a comunidade GLBT
Controle Absoluto

Texto para reflexão: Habacuque capítulo 1

O nome Habacuque significa o que abraça , não no sentido romântico, mas sim, de conforto. Precisamos deste conforto quando nos deparamos com a grande pergunta: Por que Deus permite que "isso" aconteça? Vivemos dias de violência. Guerras que não aprovamos nem queremos. Ainda assim, elas estão acontecendo em toda parte. A criminalidade aumenta. A homofobia causa mortes e parece que estamos atados, assistindo a tudo, sem poder fazer nada. Alguns, não conformados, estão marchando, fazendo protestos e manifestações. Mas, cada dia, mais pessoas estão morrendo, sendo feridas física e emocionalmente. Crianças em sofrimento; velhos desnorteados; jovens tendo seu futuro roubado. Por que Deus permite? Há também nossas questões pessoais: enfermidades, crises financeiras, crises nos relacionamentos afetivos, etc. Afinal, se Deus está no controle, por que tudo parece estar fora de cont…
Imagem
Dia do Orgulho Lésbico será comemorado em 19/08 em SP
A programação inclui a apresentação do espetáculo A Cicatriz é a Flor (foto), de Newton Moreno, com Luah Guimarãez e Marianna Senne, shows, exposições, palestras sobre Direito de famílias e leis antidiscriminatórias, oficinas sobre corpo e sexo, entre outras atividades.

O Orgulho Lésbico é celebrado em duas datas por organizações distintas. No dia 29/8 outros grupos lésbicos e a ABGLT comemoram o Dia da Visibilidade Lésbica.

As inscrições para as exposições e oficinas dos dias 20 e 21/8 podem ser feitas pelo site Um Outro Olhar,
Medo de mulher

"A Bíblia, o mais denso repositório cultural
da humanidade,é uma coletânea de frases
depreciativas sobre o sexo feminino"

Dias atrás, numa visita de campanha, a prefeita de São Paulo estendeu a mão a um judeu ortodoxo, desses que usam chapéu e sobretudo para frio siberiano. O homem deixou a prefeita com a mão no ar. Negou-se a tocá-la. Esse tipo de religioso acredita que mulher menstruada é impura. Como não pode perguntar a todas qual é seu estado, prefere evitar contato físico com o sexo oposto. A suspeita sobre a mulher é um ponto comum às grandes religiões.

Em certos países islâmicos, elas têm de andar cobertas da cabeça aos pés, para não despertar a luxúria no vizinho. Meninas de 13 ou 14 anos casam-se com homens de qualquer idade, à escolha de seus pais, desde que já tenham menstruado. Em alguns casos, as parentas tiram-lhes os pêlos de todo o corpo antes do casamento. Assim, oferecem ao homem um reforço tátil e visual à convicção de que está mesmo se casan…
O voto GLBT

Abaixo, lista de candidatos em todo o Brasil que possuem compromisso explícito em defesa das reivindicações da comunidade de gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros (GLBT).
São candidatos oriundos da comunidade GLBT que assumem abertamente sua orientação sexual. Esta coluna, Consciência Gay, indica, aos seus leitores, o voto para um destes candidatos, independente do partido que ele pertença. O importante, nestas eleições, é o voto GLBT. Partido político se torna algo secundário neste momento.
Cidade - EstadoCandidato Vereador 2004 (Partido) Alvorada - RS - João Carlos de Souza (Lilica) (PT)Aracaju - SE - Katielly (PMDB)Belo Horizonte - MG - Danilo Oliveira (PV)Colônia - PI - Kátia Tapete (reeleição) (PFL)Contagem - MG - Márcia Marão (PT)Curitiba - PR - Katiely Lanzini (PFL)Curitiba - PR - Eliziane Newton (PSB)Curitiba - PR - Beto Kaiser (PV)Curitiba - PR - Allan Johan (PSB)Duque de Caxias - RJ - Charlene (x)Esmeraldas - MG - Elder Mansueto dos Santos (PL)Friburgo - RJ - Fe…
"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" Jo 3:16
Homossexualidade não é doença: o reconhecimento oficialDesde a década de 1970 as grandes instituições nacionais e mundiais da medicina e da psicologia foram, uma após a outra, excluindo a homossexualidade do rol das doenças e distúrbios, depois de perceber que não havia razões sustentáveis para tê-la nesse rol. (Organização Mundial de Saúde, revisão da Classificação Internacional das Doenças, CID-9, em 1985; CID-10 em 1995. Associação Americana de Psiquiatria, 1973; Associação Americana de Psicologia, Associação Americana de Medicina e Academia Americana de Pediatria em inúmeras ocasiões, etc).Por definição, doença, enfermidade, moléstia ou distúrbio é algo que provoca dor, sofrimento, ou incapacita o indivíduo para funções necessárias ou desejadas. Qualquer análise séria e sem viés termina por concluir que a prática da homossexualidade em si não causa nenhuma dessas coisas:
existem males decorrentes de atividades sexuais inadequadas, como doenças sexualmente transmissíveis ou traumas…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...